Amazonas

Após polêmicas, Amazonas suspende campanha de vacinação contra a Covid-19

Em reunião virtual das Secretarias de Saúde do Estado (SES-AM) e Municipal (Semsa-Manaus), nesta quarta-feira (20/01), com os órgãos de controle, ficou decidida a suspensão temporária da campanha de vacinação contra a Covid-19 para os profissionais de saúde da capital. A suspensão vem logo após acusações de favorecimento indevido de pessoas que não estariam na linha de frente do combate à pandemia no estado.

As secretarias afirmam que nesta quinta-feira (21/01) serão discutidos critérios que vão definir quais são os profissionais que terão prioridade para receber essas primeiras doses e quais as unidades de saúde prioritárias. A decisão sairá do Comitê de Resposta Rápida de Enfrentamento da Covid-19, integrado pelos três níveis de gestão – federal, estadual e municipal. E, após isso, as unidades de saúde deverão enviar a lista nominal dos profissionais, com o setor em que cada um trabalha, para a Semsa reprogramar a vacinação nas unidades.

A Semsa Manaus comprometeu-se em suspender as vacinas nesta quinta-feira nas unidades básicas de saúde, para que seja feita a reprogramação da campanha, e retomar o trabalho na sexta-feira. A exceção é para os profissionais do Samu, única categoria que vai receber a vacina amanhã.

Também ficou definido que será garantida a segunda dose para os profissionais que já foram vacinados até esta quarta-feira (20/01).

Com informações da SES-AM. Foto: Ruan Souza / Semcom

2 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: