Esportes

Seleção Brasileira começa a ser renovada com cuidado. Até demais

Mantido no comando da seleção brasileira após o sexto lugar na Copa do Mundo, o técnico Tite fez a primeira convocação nesta sexta-feira (18) já visando a Copa do Mundo de 2022, no Catar. O Brasil fará dois amistosos em setembro, nos dias 7 e 11, contra Estados Unidos e El Salvador, respectivamente.

Alguns nomes como o lateral esquerdo Marcelo, do Real Madrid e Gabriel Jesus, do Manchester City deram espaços para testes, mas devem retornar. Marcelo é titular absoluto e deve permanecer dono da posição até a próxima Copa. Jesus, por outro lado, não atravessa bom momento e ficar de fora parece ser a melhor escolha, para apagar um pouco a pressão por ter passado a Copa sem marcar.

Alguns nomes da nova geração ficaram de fora, como Vinícius Jr. do Real Madrid, David Neres do Ajax e Malcom do Barcelona, todos entre 18 e 20 anos. Apesar de estarem demonstrando bom desempenho nesta começo de temporada europeia, não é má ideia deixá-los se estabilizarem nos seus clubes antes de levá-los para a seleção. Mas é importante não esperar demais.

O processo de renovação do time brasileiro precisa ser acelerado. Afinal, em 2019 começam as eliminatórias da Copa e essa será a única competição com algum nível de exigência até o próximo mundial. A Copa América em casa no ano que vem não acrescentará nada ao time e a Copa das Confederações deverá ser extinta. E a falta de rodagem do time pesou muito no Mundial da Rússia.

Antes da convocação, o coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, falou sobre o projeto feito. “Dividimos esse novo ciclo de quatro anos e meio em três fases (curto, médio e longo prazo). O primeiro será até o fim de janeiro, com seis jogos no total em três convocações (setembro, outubro e novembro). O segundo, será entre o final do ano e o final da Copa América de 2019. O terceiro, de longo prazo, até a Copa”, destacou.

O técnico Tite comentou sua lista. “Dentro da ótica que colocamos, tem o objetivo a curto prazo, que é importante. Em cada setor trouxemos um atleta da Copa e outro para dar oportunidade, porque agora há tempo para isso”, comentou.

Confira a lista completa:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Hugo (Flamengo) e Neto (Valencia);
Laterais direito: Fagner (Corinthians) e Fabinho (Liverpool);
Zagueiros: Dedé (Cruzeiro), Felipe (Porto), Marquinhos e Thiago Silva (ambos PSG);
Laterais esquerdo: Alexsandro (Juventus-ITA) e Filipe Luís (Atlético de Madrid);
Volantes: Andreas Pereira (Manchester United), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid) e Fred (Manchester United);
Meias: Lucas Paquetá (Flamengo), Phillipe Coutinho (Barcelona) e Renato Augusto (Beijing Guoan);
Atacantes: Douglas Costa (Juventus-ITA), Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Pedro (Fluminense), Everton (Grêmio) e Willian (Chelsea).

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.