Amazonas

Alvos da Operação Sangria já estão em unidades prisionais do Amazonas

Os seis alvos de mandado de prisão da nova fase da Operação Sangria, da Polícia Federal, estão agora em presídios do Amazonas. O secretátio de saúde do estado, Marcellus Campêlo, foi preso na tarde desta quarta-feira (02/06/21), ao desembarcar no Aeroporto Eduardo Gomes, na capital.

Além dele, também foram presos os empresários Nilton da Costa Lins Júnior, Sérgio José Silva Chalub, Rafael Garcia da Silveira, Frank Andrey Gomes de Abreu e Carlos Henrique Alecrim John. Todos são acusados de desvio de dinheiro público destinado a ações que o governo amazonense implementou para combater a Covid-19, como a construção de um hospital de campanha, além da compra de respiradores superfaturados. Além deles, o próprio governador Wilson Lima também foi um dos alvos da investigação.

Após passarem a noite na Superintendência da PF em Manaus, Campêlo e Costa foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Manaus II (CDPM II). Chalub, Abreu e John foram levado para o CDPM I. Rafael Garcia da Silveira está preso em Porto Alegre (RS).

Foto: Diego Peres/Secom-AMA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: