Amazonas

Campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos tem início em Manaus

Com o início da 41ª Campanha de Vacinação Antirrábica Animal nesta terça-feira, 13/10, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) Dr. Carlos Durand, da Prefeitura de Manaus, estarão ao longo desta primeira semana em 17 comunidades distribuídas nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste.

Até o próximo sábado, 17, as equipes irão trabalhar no Mauazinho, Parque Mauá, Jardim Mauá e Vila da Felicidade (zona Sul); comunidades 23 de Setembro, Ismail Aziz, São João e União da Vitória (zona Oeste); Braga Mendes, Cidade de Deus, conjuntos Vila Nova e Ben-Hur (zona Norte); e Cidade de Deus, Monte Sião, Val Paraíso, Bairro Novo e Jorge Teixeira (zona Leste).

“A estratégia utilizada é o sistema de vacinação casa a casa e vai atender todos os bairros de Manaus até o fim da campanha, prevista para ser executada em 45 dias. Os vacinadores estão devidamente identificados, trabalhando de segunda-feira a sábado”, informa o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Marcelo Magaldi.

A meta da campanha é a imunização de 225.335 animais, sendo 161.110 cães e 64.225 gatos, o que representa 80% da população canina e 100% da população felina estimadas para o município.

De acordo com o chefe do Núcleo de Controle da Raiva Humana e Animal do CCZ Dr. Carlos, Jhonata da Silva Calheiros, haverá um cronograma semanal na rota de trabalho dos vacinadores. “Mas esse cronograma poderá sofrer alterações, já que em dias com muita chuva, por exemplo, a produção das equipes acaba sendo menor e é necessário prolongar o período de permanência dos vacinadores em determinadas comunidades”, explica Jhonata.

Para a aplicação da vacina antirrábica em cães e gatos, os animais devem ter mais de 90 dias de vida, apresentando boas condições de saúde. “A vacina precisa ser aplicada a cada 12 meses, para garantir imunização de cães e gatos. Além das ações da campanha anual, o CCZ mantém a vacina antirrábica disponível na rotina de serviços durante o ano”, observa.

Todos os anos, a estudante Ana Esther Torres faz questão de levar o gato e a cadela da família, para ser vacinada na sede do CCZ. Para ela, a campanha de vacinação antirrábica é uma forma de assegurar a saúde dos animais.

“A vacinação é importante, pois além de garantir a saúde deles, garante a nossa também, pois um animal não sendo vacinado, é perigoso para todos”, avalia.   

Postos fixos

No período de campanha, haverá ainda quatro postos fixos de vacinação e que estão localizados na sede do CCZ, no bairro Compensa, zona Oeste; nas duas Unidades Móveis do CCZ, instaladas no Centro Social Urbano (CSU), no Parque 10 de Novembro, na zona Centro-Sul, e na Minivila Olímpica, no bairro Coroado, zona Leste; e no shopping Phelippe Daou, no bairro Jorge Teixeira, também na zona Leste.

Com informações da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). Foto: Altemar Alcântara/ Semcom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: