Boletim Epidemiológico de Covid-19 aponta 1.615 novos casos no Amazonas

1

O Amazonas diagnosticou mais 1.615 casos de Covid-19 nesta quarta-feira (10/06), sendo 37 por exame laboratorial de biologia molecular (RT-PCR) e outros 1.578 foram detectados por teste rápido, totalizando 52.849 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim epidemiológico consolidado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

A FVS-AM esclarece que a edição do boletim da última terça-feira (09/06), teve uma correção em relação aos dados de casos confirmados. Ao invés de 1.423, foram 1.417 casos novos confirmados no Amazonas, na ocasião.

De acordo com o boletim divulgado, nesta quarta-feira (10/06), foram confirmados mais 48 óbitos pela doença, desses 16 ocorridos nas últimas 24 horas e 32 em investigação que tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 2.363 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus desta terça-feira (09/06), foram registrados 40 sepultamentos e seis óbitos domiciliares.

Ao todo, 42.586 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença. O boletim aponta ainda que 7.900 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 360 pacientes internados, sendo 213 em leitos clínicos (31 na rede privada e 182 na rede pública) e 147 em UTI (53 na rede privada e 94 na rede pública).

Há ainda outros 366 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 256 estão em leitos clínicos (42 na rede privada e 214 na rede pública) e 110 estão em UTI (24 na rede privada e 86 na rede pública).

Notificação – A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas de informação: e-SUS notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) até as 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 58.978 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 57.978.

As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e repassadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos. Nesta edição, oito municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados deste boletim.  

Municípios – Dos 52.849 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (10/06), 22.159 são de Manaus (41,93%) e 30.690 do interior do estado (58,07%).

Além da capital, 59 municípios têm casos confirmados: Manacapuru (2.728); Tefé (2.391); São Gabriel da Cachoeira (2.352); Coari (2.123); Parintins (1.779); Benjamin Constant (1.179); Tabatinga (1.143); Itacoatiara (1.053); Iranduba (1.037); Santo Antônio do Içá (891); Careiro Castanho (812); Maués (757); Autazes (713); Rio Preto da Eva (693); Barcelos (663); Presidente Figueiredo (607); Tapauá (512); São Paulo de Olivença (510); Boca do Acre (508); Anori (503); Itapiranga (433); Barreirinha (431); Alvarães (389); Beruri (374); Fonte Boa (350); Amaturá (342), Tonantins (342); Borba (334); Carauari (327); Uarini (326); Novo Aripuanã (269); Humaitá (266); Urucará (256);  Anamã (228); Urucurituba (226); Eirunepé (217), Atalaia do Norte (197);  Novo Airão (185); Jutaí (167); Manaquiri (162); Japurá (156); Nova Olinda do Norte (154); São Sebastião do Uatumã (146); Lábrea (146); Maraã (145); Silves (139); Caapiranga (124); Boa Vista do Ramos (111); Nhamundá (97), Guajará (97); Pauini (93); Codajás (88), Manicoré (88); Itamarati (78); Juruá (72); Santa Isabel do Rio Negro (63); Careiro da Várzea (55); Canutama (36) e Apuí (27).

Envira e Ipixuna são os únicos municípios do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19.

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.534 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 52 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 829. A lista inclui Manacapuru (117); Tabatinga (67), Coari (64); Tefé (64); Parintins (62); Itacoatiara (50); Iranduba (34);  Maués (29); São Gabriel da Cachoeira (27);  Benjamin Constant (25); Autazes (23); Barcelos (20); Presidente Figueiredo (17); Santo Antônio do Içá (16); Borba (16), São Paulo de Olivença (14); Tonantins (14); Careiro Castanho (13); Fonte Boa (13); Nova Olinda do Norte (13);  Jutaí (12); Rio Preto da Eva (11); Alvarães (10); Amaturá (8); Novo Aripuanã (8); Boca do Acre (8); Anori (8); Manaquiri (7); Beruri (5;, Novo Airão (5); Barreirinha (5); Itapiranga (5); Silves (4); Urucará (4); Tapauá (3); Humaitá (3); Carauari (3);  Urucurituba (2); Caapiranga (2); Boa Vista do Ramos (2); Manicoré (2); Nhamundá (2); Codajás (2); Careiro da Várzea (2); Uarini (1); Maraã (1); São Sebastião do Uatumã (1); Guajará (1); Lábrea (1), Santa Isabel do Rio Negro (1); Atalaia do Norte (1) e Itamarati (1).

Outros 346 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados, destes, 272 por investigação epidemiológica e 74 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 211 foram descartados para o novo coronavírus.

Serviço disponível – A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), em parceria com a Universidade de Estado do Amazonas (UEA), reforça a disponibilidade de forma gratuita por meio do aplicativo SASi de esclarecimentos em relação a dúvidas sobre a Covid-19. A outra ferramenta também disponível é o Call Center (92) 3090-1902, que dispõe de atendimento especializado na área médica, psicológica, farmacêutica e de enfermagem para ajudar a população.  Desde o início da pandemia, foram realizados mais de 92.000 atendimentos, sendo 95% oriundos de Manaus.  

A FVS-AM informa ainda que está disponível o painel de Covid- 19 Amazonas, por meio do link http://www.fvs.am.gov.br/indicadorSalaSituacao_view/60/2, que é atualizado diariamente com informações adicionais relacionada a pandemia de Covid-19.   

Com informações da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui