Esportes

Copa 2018: tango dramático

avatares_copa2018_002

Argentina sua sangue, mas avança com gol de Messi e agora pega a França, que fez corpo mole contra a Dinamarca. E ainda: Guerrero se despede da Copa com gol

Foi uma vitória dramática, na raça e com pouco brilho. Mas a Argentina passou. Uma vitória dramática sobre a Nigéria por 2×1 somada com a derrota da Islândia diante da Croácia também por 2×1. Deu à seleção argentina o segundo lugar no grupo D e a consequente classificação para as oitavas de final.

Messi e Rojo fizeram os gols da Argentina enquanto de penalty Moses fez o gol da Nigéria. Com equipe mista a Croácia marcou com Badelj e Perisic contra um gol de Sigurdsson cobrando penalty para a Islandia. Croácia 2 Inslândia 1.

A Croácia terminou com 9 pontos conseguindo 3 vitorias. A Argentina terminou com 4 pontos, a Nigéria ficou com 3 e a Islândia com apenas 1.

ISLÂNDIA 1X2 CROÁCIA

Local: Arena Rostov, em Rostov (Rússia)
Data: 26 de junho de 2018, terça-feira
Horário: 15h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu (Espanha)
Assistentes: Pau Cebrian Devis (Espanha) e Roberto Díaz Pérez (Espanha)
Cartões amarelos: Pjaca e Jedvaj (Croácia). Hallfredsson, Finnbogason e Saevarsson (Islândia)
Gols:
CROÁCIA: 
Baldelj aos sete minutos do 2ºT e Perisic aos 44 minutos do 2ºT.
ISLÂNDIA: Sigurdsson aos 30 minutos do 2ºT.

ISLÂNDIA: Hannes Halldórsson, Birkir Saevarsson, Sverrir Ingi Ingason, Ragnar Sigurdsson (Björn Bergmann Sigurðarson) e Hördur Magnússon; Emil Hallfredsson, Aron Gunnarsson, Gylfi Sigurdsson e Birkir Bjarnason; Johann Berg Gudmundsson e Alfred Finnbogason.
Técnico: Heimir Hallgrímsson

CROÁCIA: Lovre Kalinic, Tin Jedvaj, Duje Caleta-Car, Vedran Corluka e Josip Pivaric; Mateo Kovacic (Ivan Rakitić), Milan Badelj e Luka Modric (Filip Bradarić); Andrej Kramaric, Ivan Perisic e Marko Pjaca (Dejan Lovren).
Técnico: Zlatko Dalic

NIGÉRIA 1 X 2 ARGENTINA

Local: Estádio Krestovsky, em São Petersburgo (Rússia)
Data: 26 de junho de 2018, terça-feira
Horário: 15 horas (de Brasília)
Árbitro: Cuneyt Cakir (Turquia)
Assistentes: Bahattin Duran e Tarik Ongun (ambos da Turquia)
Público: 64.468 pessoas
Cartões amarelos: Balogun e Obi Mikel (Nigéria); Mascherano, Banega e Messi (Argentina)
Gols: NIGÉRIA: Moses, aos 5 minutos do segundo tempo; ARGENTINA: Messi, aos 13 minutos do primeiro tempo, e Rojo, aos 40 minutos do segundo tempo

NIGÉRIA: Uzoho; Balogun, Ekong e Omeruo (Iwoby); Ndidi, Obi Mikel, Moses, Etebo e Idowu; Musa (Simy) e Iheanacho (Ighalo)
Técnico: Gernot Rohr

ARGENTINA: Armani; Mercado, Otamendi, Rojo e Tagliafico (Aguero); Mascherano, Banega, Enzo Pérez (Pavón) e Di María (Meza); Messi e Higuaín
Técnico: Jorge Sampaoli

Papelão da França e Dinamarca

Pelo grupo C o Peru derrotou a Austrália por 2×0 com gols de Carrillo e Paolo Guerrero e tirou todas as chances da Austrália chegar nas oitavas de final. França e Dinamarca fizeram um jogo morno sem muito empenho porque o resultado classificava as duas equipes. Consequentemente surgiu o primeiro zero a zero da Copa do Mundo sob muitas vaias e grande suspeita de “jogo de compadres” (gíria que significa que nenhum dos times se esforçou pra vencer já que o empate classificava ambos).

Agora a França, líder do grupo C, vai jogar contra a Argentina, segunda colocada do grupo D, no próximo sábado, às 11 horas abrindo a disputa das oitavas de final. O vencedor deste jogo vai enfrentar  o vencedor de Uruguai e Portugal.

A Dinamarca, segunda do grupo C, vai enfrentar a Croácia, líder do grupo D. O vencedor deste jogo enfrenta o vencedor de Espanha e Rússia.

DINAMARCA 0 X 0 FRANÇA

Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)
Data: 26 de junho de 2018 (Terça-feira)
Horário: 11h(de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Brasil)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Brasil) e Marcelo Van Gasse (Brasil)
Cartão Amarelo: Jorgensen (Dinamarca)
Cartão Vermelho: –
Gol: –

DINAMARCA: Kasper Schmeichel; Simon Kjaer, Andreas Christensen e Mathias Jorgensen; Henrik Dalsgaard, Thomas Delaney (Lukas Lerager), Christian Eriksen e Jens Stryger Larsen; Martin Braithwaite, Andreas Cornelius (Kasper Dolberg) e Pione Sisto (Viktor Fischer)
Técnico: Age Hareide

FRANÇA: Steve Mandanda; Djibril Sidibé, Raphael Varane, Presnel Kimpembe e Lucas Hernandez (Benjamin Mendy); N’Golo Kanté, Steven N’Zonzi e Thomás Lemar; Ousmane Dembélé (Kylian Mbappé), Olivier Giroud e Antoine Griezmann (Nabil Fekir)
Técnico: Didier Deschamps

AUSTRÁLIA 0 X 2 PERU

Local: Estádio Fisht, em Sochi, Rússia
Data: 26 de junho de 2018 (Terça-feira)
Horário: 11h(de Brasília)
Árbitro: Sergei Karasev (RUS)
Auxiliares: Anton Averianov (RUS) e Tikhon Kalugin (RUS)
Público: 44,073 presentes
Cartões amarelos: Jedinak (9’/1ºT), Arzani (14’/2ºT), Rogic (20’/2ºT), Milligan (42’/2ºT) (AUS), Yotún (44’/1ºT), Hurtado (33’/2ºT) (PER)
Cartões vermelhos: –
Gols: Carillo (18’/1ºT) (0-1), Guerrero (5’/2ºT) (0-2)

AUSTRÁLIA: Ryan; Risdon, Sainsbury, Milligan e Behich; Mody, Leckie, Jedinak, Rogic(Irvine),, Kruse(Arzani); Juric (Cahill)
Técnico: Bert van Marwijk

PERU: Gallese; Advíncula, Ramos, Santamaría e Trauco; Tapia (Hurtado),Yotún (Aquino), Carillo (Cartagena) Cueva e Flores; Guerrero
Técnico: Ricardo Gareca

JOGOS DESTA QUARTA-FEIRA (27/06)

Grupo F – 10h – México x Suécia

Grupo F – 10h – Coreia do Sul x Alemanha

Grupo E – 14h – Suíça x Costa Rica

Grupo E – 14h – Sérvia x Brasil

Foto: AFA
Anúncios