Amazonas

Helicóptero do Ibama é incendiado dentro do aeroclube do Amazonas

Um helicóptero modelo Bell B4 do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) foi incendiado na madrugada desta segunda-feira (24/01/22) dentro do Aeroclube do Amazonas, no bairro Flores, na zona centro-sul de Manaus. Ainda não há informações sobre os autores do crime.

O crime aconteceu por volta das 4h desta segunda-feira. As equipes que trabalham no Aeroclube foram surpreendidos após tentarem atear fogo nos dois helicópteros do Ibama que estão no local. Uma das aeronaves ficou totalmente destruída. Dois homens teriam sido vistos no local pouco antes do incêndio começar.

A principal suspeita é que o caso tenha ligação com o garimpo no interior do Amazonas. Isso porque esse modelo é utilizado para a fiscalização de balsas que extraem ilegalmente minérios do solo no interior do estado. Em novembro de 2021, em operação conjunta, a Polícia Federal, Marinha e o Ibama destruíram 130 balsas e 69 dragas, além de equipamentos usados para extrair areia e barro em busca de ouro, no Rio Madeira, no Amazonas.

Na ocasião, garimpeiros que já atuavam na região sul do Amazonas foram atraídos para Autazes pelo boato de que ouro teria sido encontrado no leito do Rio Madeira, próximo à cidade. Segundo a organização Greenpeace, a atuação dos garimpeiros conta com o apoio de empresários e políticos que há tempos fomentam a atividade ilegal na região. Diversos prefeitos do interior e deputados se colocaram formalmente a favor da regulamentação do garimpo na Amazônia.

1 comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: