Amazonas

Amazonas retoma atividades e governo anuncia força-tarefa para investigar ataques

O Governo do Amazonas aulas da rede de ensino do Estado, além das atividades presenciais dos órgãos da administração estadual nesta quarta-feira (09/06/21). O funcionamento desses serviços havia sido suspenso em virtude dos ataques ocorridos em diversos municípios do estado, principalmente na capital Manaus durante este final de semana.

O governador Wilson Lima apresentou, nesta terça-feira (08/06/21), a representantes de órgãos do sistema de justiça e demais poderes, os resultados das ações das forças de segurança estaduais para o restabelecimento da ordem em Manaus e no interior do estado, após incêndios e ataques criminosos. No total, 12 mil agentes de segurança participam das ações.

Até o início da noite desta terça-feira, 38 pessoas foram presas ou apreendidas, incluindo quatro lideranças identificadas como coordenadores dos ataques, resultado do trabalho do sistema de inteligência da Secretaria de Estado de Segurança (SSP-AM). “Dispositivos eletrônicos também foram apreendidos, inclusive celulares, onde nós conseguimos resgatar a comunicação entre esses envolvidos e as estratégias que estavam sendo utilizadas por eles para causar pânico na cidade”, destacou Wilson Lima.

Foram registradas 65 ações subversivas na capital e alguns municípios do interior, incluindo depredação de equipamentos e prédios públicos, veículos e agências bancárias. Os danos são materiais, não há registro de mortos e feridos.

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, anunciou que uma força-tarefa será criada pela Polícia Civil para aprofundar as investigações sobre os ataques criminosos registrados no estado. Todas as pessoas identificadas por envolvimento no crime devem responder por organização criminosa. 

Foto: Lincoln Ferreira / Seduc-AM

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: