Sem categoria

Cia. Metamorfose apresenta mostra virtual em comemoração aos seus 27 anos

A Companhia de Teatro Metamorfose completa 27 anos e faz uma série de atividades virtuais como presente para a população. As ações já iniciaram, a mostra de repertório “Metamorfoseando por aí” procura apresentar os espetáculos produzidos pelo grupo durante a sua trajetória.

O projeto foi aprovado no Edital da Lei Aldir Blanc, Prêmio Feliciano Lana, realizado pelo Governo do Amazonas através da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa. E por conta das medidas restritivas por conta da pandemia do coronavírus, a mostra está sendo exibida através das redes sociais do grupo, no Instagram e no canal da Companhia no YouTube.

Segundo a diretora da Cia. Metamorfose, Socorro Andrade, o projeto será um encontro com o público em forma de comemoração. “O projeto propõe, primeiro, oferecer um encontro entre público, e também, difundir os trabalhos de pesquisas que o Metamorfose desenvolveu ao longo desses 27 anos de atuação”, explica.

“O momento que estamos passando mostrou a nossa resistência criativa. E nos adequamos aos novos desafios que nós, profissionais das artes, enfrentamos atualmente”, conclui a diretora.

Processo criativo

Nesta quarta-feira (28/04), no canal do Metamorfose (@ciadetearometamorfose) e no IGTV do Instagram, o grupo faz uma live mostrando os diversos processos criativos do grupo na produção dos espetáculos encenados.

A segunda oficina é a de Teatro de Bonecos, que propõe mostrar o ponto de partida para o espetáculo “São Jorge e o Dragão”, desde a introdução teórica acerca da história e formas animadas, abordando múltiplas técnicas de concepção e criação, como expressão artística.

Durante a live, os atores da cia, mostram como foi desenvolvido o projeto e a confecção de bonecos com aplicação de técnicas básicas de manipulação direta e manipulação de bonecos, estimulando a criar uma pequena cena com os bonecos produzidos

Programação

Durante a execução do “Metamorfoseando por aí”, o grupo exibirá os espetáculos: “A Bela e a Fera”, “São Jorge e o Dragão”, “Eu chovo, Tu choves, Ele chove” e “João e o Pé de Feijão”. Todos os espetáculos serão apresentados de forma virtual com legendas, e a programação, ao final do projeto, será compactada em forma de documentário e serão distribuídos 100 DVDs para instituições que trabalham com crianças carentes.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: