Amazonas

Cinegrafista é baleado em assalto durante gravação em Manaus

Uma equipe de reportagem do Grupo Diário de Comunicação foi assaltada nesta quinta-feira (15/04), enquanto cobria um caso de suspeita de assassinato no Coroado, zona leste de Manaus. O repórter cinematográfico Renê Silva, 45, foi atingido por dois tiros e está internado.  Apesar dos ferimentos, o quadro de saúde do cinegrafista é estável e o disparo não atingiu nenhum órgão vital. Os outros membros da equipe não foram feridos.

Segundo o portal D24h, a jornalista Natasha Pinto, que acompanhava o cinegrafista, a equipe foi fazer uma gravação em uma quadra do bairro Coroado sobre um caso de tentativa de homicídio que ocorreu na noite de quarta-feira (14). Após a gravação, ao tentarem retornar para o carro, os jornalistas foram abordados por dois assaltantes em uma motocicleta.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM) manifestou apoio e solidariedade à equipe de reportagem. O SJPAM reafirmou a importância do jornalismo como instrumento da própria sociedade na defesa de seus direitos e em prol da democracia.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: