Amazonas

Justiça derruba resolução que impedia ensino de diversidade de gênero em Manaus

Uma liminar da Justiça do Amazonas manteve a resolução nº 091/CME/2020 do Conselho Municipal de Educação, que estabelecia critérios para educação de relações étnico-raciais, diversidade sexual e gênero, bem como diversidade religiosa, no sistema municipal de ensino de Manaus. A decisão foi do juiz plantonista Cássio André Borges dos Santos e foi publicada neste sábado (20/03).

A resolução havia sido suspensa pela Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed) após pressão do vereador evangélico Raiff Matos (DC). O parlamentar apresentou pedido de suspensão do documento logo após conversar com o secretário Municipal de Educação, Pauderney Avelino e com o próprio prefeito de Manaus, David Almeida (Avante).

Mattos tem atuado com o forte apelo religioso desde que assumiu uma vaga na Câmara Municipal de Manaus, no início deste ano. Além de tentar censurar medidas vereador, por exemplo, já tentou criar uma Semana de Conscientização e Combate à Pornografia em Manaus.

Foto: Nathalie Brasil/Semcom (foto tirada em 2018)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: