Amazonas

Governo do Amazonas autoriza reabertura de restaurantes e outras atividades

Atualizada às 14h20

Em transmissão via redes sociais no início da tarde desta sexta-feira (05/03), o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), autorizou o funcionamento de restaurantes à partir da próxima segunda-feira (05/03). A decisão, que vale por quinze dias, acontece após reunião onde empresários e representantes da Associação Nacional de Bares e Restaurantes (Abrasel) pressionaram pela volta das atividades em todo o estado.

O toque de recolher foi diminuído. À partir de segunda, fica permitida a circulação de pessoas entre 21h e 06h. Outra novidade foi o retorno de atividades escolares para crianças até 5 anos, de maneira opcional. Confira a lista completa de mudanças:

  • Supermercados, ercadinhos e padarias poderão funcionar de 6h às 20h;
  • Lojas do Comércio de rua poderão funcionar das 09h às 17h, de segunda a sábado;
  • Lojas de som, acessórios, insulfilms e similares funcionam das 09h às 17h, de segunda a sexta, com 50% de ocupação;
  • Lojas das atividades permitidas em shoppings centers poderão funcionar de 10h às 18h, de segunda a sábado, com 50% de ocupação. Delivery para essas lojas funcionam no mesmo horário;
  • Fica facultado o funcionamento de escolas da rede privada para crianças até 5 anos de idade, ou seja, creches e ensino infantil. Será necessária testagem dos professores para isso;
  • Estão permitidas atividades de restaurantes, lanchonetes e similares, inclusive para os shoppings, hotéis e pousadas, de segunda a sábado, de 06h às 20h, incluindo drive thru. O delivery está liberado 24h;
  • Música ao vivo nos restaurantes estão permitidas, desde que limitada a três integrantes por banda. O governador afirma, porém, que não será permitida a abertura do salão de dança e festas nesses locais;
  • Também fica autorizado o retorno de flutuantes que funcionem como restaurantes, se segunda a sexta;
  • As marinas estarão liberadas para funcionar de segunda a sexta, de 06h às 16h;
  • Os salões de beleza poderão retornar, de segunda a sábado, de 10h às 16h. No entanto, atividades em que seja necessário retirar a máscara estão proibidas;
  • Academias terão seus horários de funcionamento ampliados, 06h às 16h, com 50% de capacidade. Seguem proibidas aulas coletivas (dança, crossfit, etc.);
  • Fica permitido o transporte intermunicipal de passageiros, tanto fluvial quanto rodoviário, com ocupação máxima de 50% e autorização do município de destino e da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (ARSEPAM);

Números ainda preocupam

Segundo o diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, a taxa de transmissão do novo coronavírus caiu em todo o Amazonas, assim como a taxa de internações e óbitos nas últimas semanas. O governador Wilson Lima aproveitou para “comemorar” a redução no tempo de espera por leitos de UTI em todo estado.

Por outro lado, o Amazonas ainda lidera o índice de mortalidade pela doença, mesmo com a redução de internações e óbitos. A taxa de ocupação de leitos de UTI ainda é de 80%, considerada alta. O estado permanece na fase vermelha, a segunda de maior risco de trasmissão do vírus.

Foto: Diego Peres/Secom

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: