Esportes

Variante do coronavírus faz Colômbia vetar entrada da seleção de basquete

O Ministério da Saúde da Colômbia proibiu a entrada no país da seleção brasileira masculina de basquete que disputaria as duas últimas rodadas das eliminatórias da AmeriCup, a Copa América da modalidade. A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) foi comunicada pela semelhante colombiana na última segunda-feira (15), e confirmou nesta terça-feira (16), que a equipe não enfrentará Panamá e Paraguai nos jogos destes domingo (21) e segunda-feira (22), em Cali. O Brasil já está classificado para a competição continental, que será em 2022. Conforme nota divulgada pela CBB, o veto leva em conta a pandemia e a “variante brasileira” do novo coronavírus (covid-19).

O governo colombiano comunicou a proibição à federação local na última sexta-feira (12). A Federação Internacional de Basquete (FIBA) foi acionada para buscar uma liberação excepcional para que o Brasil realizasse as partidas, mas sem sucesso. “Em 2021, expedimos a resolução 080, de medidas preventivas e de controle sanitário de passageiros provenientes do Brasil por conta do novo coronavírus. Considerando a situação da pandemia atual e a emergência de uma variante no Brasil com um comportamento clínico e epidemiológico diferente, e para salvaguardar o direito à saúde, não poderão ingressar no país”, disse Julián Niño, diretor do Departamento de Epidemiologia da Colômbia, no comunicado à federação do país, em declaração reproduzida pela nota da CBB.

Ainda segundo o comunicado, a confederação afirma que tomou “todas as medidas administrativas e de logística com antecipação para evitar qualquer contratempo” e cumpriu “todas as exigências para a participação nos duelos” desde a informação “de que voos provenientes do Brasil, mesmo com escala, não poderiam ingressar no país [Colômbia]”. Por fim, de acordo com a nota, depois de a Fiba confirmar a vaga brasileira na AmeriCup, mesmo que não pudesse disputar os jogos, “a CBB acatou de imediato a decisão colombiana”.

O Brasil assegurou a classificação à próxima edição da Copa América em novembro após vencer os primeiros jogos das eliminatórias, contra Uruguai (duas vezes), Paraguai e Panamá. Os dois últimos duelos serviriam para o técnico Alexsandar Petrovic testar novos jogadores. Entre os 17 convocados pelo treinador, sete foram chamados pela primeira vez à seleção principal. Caso estivesse liberada para viajar, a delegação embarcaria para Cali nesta terça.

O próximo desafio da seleção de basquete masculino será o pré-olímpico, em Split (Croácia), entre 29 de junho e 4 de julho. Os brasileiros estão no Grupo B, junto dos anfitriões e da Tunísia. Os dois primeiros da chave avançam à semifinal para encarar os classificados do Grupo A (Alemanha, Rússia e México). Apenas o campeão do torneio ganha vaga na Olimpíada de Tóquio (Japão).

Com informações da Agência Brasil. Foto: Fiba Américas/AmeriCup

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: