Amazonas

Careiro Castanho tem pico de mortes por Covid-19

Em pouco mais de três semanas, cidade do interior do Amazonas teve mais mortes por Covid-19 do que em todo 2020

O município de Careiro Castanho (a 124 km de Manaus) registrou um súbito aumento no número de mortes causadas pela Covid-19. Apenas entre os dias 13 de janeiro e 6 de fevereiro, houve 33 óbitos na cidade da região metropolitana, mais que o dobro dos 27 registradas em todo o ano de 2020 e início de 2021.

Neste sábado (6), a cidade registrou 60 óbitos durante toda a pandemia, além de já ter confirmado 3.713 casos da doença. De acordo com o prefeito de Careiro Castanho, Nathan Macena, a pesar de todos os esforços da prefeitura, o vírus tem avançado e só nas últimas 24 horas 12 novos casos foram registrados.

“Não estamos mais realizando cirurgias eletivas em nosso hospital e nossas equipes de saúde tem atuado diuturnamente para o atendimento dos casos. Temos leitos exclusivos, porém precisamos de todo o apoio dos governos Estadual, Federal e da população neste momento tão difícil. Vimemos um segundo pico”, disse o prefeito, que afirmou que todos os dias são utilizados pelo menos 25 cilindros de oxigênio para atender os pacientes com coronavírus.

Segundo Nathan, o município aumentou de 20 para 33 o número de leitos no hospital do município, que hoje tem 23 pessoas internadas por Covid-19, 17 deles dependendo de oxigênio. A prefeitura criou ainda barreiras sanitárias em todas as entradas da cidade e mantém um decreto de isolamento, além de ter criado uma unidade de saúde apenas para o tratamento da doença.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: