Amazonas

Lista de vacinados tem erros e TCE-AM notifica prefeitura de Manaus

Após minucioso cruzamento de dados da lista nominal de pessoas imunizadas na primeira etapa de vacinação contra a Covid-19, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), por meio da Secretaria de Controle Externo (Secex), notificou a Prefeitura de Manaus, nesta segunda-feira (25), via ofícios, para que corrija, com urgência, a  lista nominal encaminhada à Corte de Contas. A Secex e Secretaria de Tecnologia da Informação (Setin) do TCE-AM encontraram divergências em nomes e CPF´s.

Nas duas listas encaminhadas ao Tribunal até sábado e disponibilizadas no portal do TCE, os técnicos da Corte de Contas identificaram dezenas de nomes repetidos e centenas de CPF´s inexistentes ou errados. O TCE solicitou, ainda, em outro ofício, a disponibilização da lista de vínculo dos servidores da saúde, dos terceirizados e dos cooperados.

Mais solicitações – No ofício encaminhado ainda pouco, a Secretaria de Controle Externo do TCE-AM solicita a lista sem falhas e com os CPFs corretos. Em outro ofício, enviado no início da manhã, o TCE solicitou o vínculo, uma vez que muitos profissionais recebem de empresas particulares.

Na segunda lista encaminhada ao Tribunal, no sábado pela manhã, a qual se encontra no portal do TCE (tce.am.gov.br), a Semsa enviou uma listagem ocultando CPFs dos vacinados, motivo do primeiro ofício desta segunda (25).

“Os técnicos da  Corte de Contas estão debruçados na lista encaminhada pela Prefeitura e atentos aos dados recebidos. Estamos cruzando de um por um com as informações de folha de pagamento e sistema da Receita. O trabalho é lento, mas eficaz”, afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, ao enfatizar que o Tribunal “não cederá à pressão e muito menos ao humor de gestores públicos”.

As duas listas enviadas pela Semsa foram divulgadas pelo TCE-AM, às 9h desta segunda-feira (25), no site institucional do Tribunal, conforme determinação do conselheiro-presidente Mario de Mello, e serão atualizadas assim forem enviadas pela Prefeitura de Manaus.

Denúncias à Ouvidoria

O cidadão que tiver conhecimento de possíveis irregularidades na condução do processo de imunização contra Covid-19 no Amazonas ou divergências na lista de vacinação por erro em nomes, CPFs, duplicação de informações e/ou pessoas estão na lista, mas não foram vacinadas, pode denunciar o caso à Ouvidoria da Corte de Contas. Os canais para denúncias são o e-mail ouvidoria@tce.am.gov.br,  o WhatsApp (92)98815-1000, os telefones (92) 3301-8107 / 3301-8222 e o site https://ouvidoria.tce.am.gov.br/.

Com informações da assessoria de imprensa da TCE-AM. Foto: Ruan Souza / Semcom

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: