Sem categoria

Cuidado com os vieses jornalísticos na pandemia

A imprensa precisa tomar cuidado com alguns vieses na cobertura da pandemia que podem comprometer a qualidade da informação. Um exemplo: afirmar que mais jovens estão morrendo por Covid-19 por culpa da nova variante.

Pode até ser que a nova variante seja mais grave especificamente neles, mas ainda não dá pra afirmar isso. O fato é que muito mais gente está se infectando, independente da idade. E a Covid sempre infectou e matou jovens desde sempre.

O caso é que se ano passado tínhamos X casos entre jovens, e 1/3 deles evoluía gravemente, temos hoje 10X e esse 1/3 parece muito maior, mesmo que a doença não tenha mudado.

Outra coisa: os mais idosos tem muito mais dificuldade em se locomover para buscar o hospital. Pense no trabalho que é levar uma senhora obesa de 70 anos ao pronto-socorro. Por isso, infelizmente, muitos morrem em casa. Não por acaso o serviço de verificação de óbitos em domicílio disparou nos últimos meses.

Aliás, isso vale para qualquer informação colhida diretamente na rua, mesmo por profissionais de saúde que atuam na linh de frente. Quem está ali vê o que aparece na sua frente. Cabe à imprensa analisar o todo. As pessoas já estão sob enorme estresse e dúvida. Todo cuidado é pouco na hora de informar algo preocupante, sob pena de perda de credibilidade.

Foto: Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: