Amazonas

Amazonas se prepara para começar vacinação contra a Covid-19

Com a entrega das primeiras 256 mil doses de vacina contra a Covid-19, do Governo Federal, e mais 50 mil doses do Governo de São Paulo, o Amazonas dará início à execução do Plano Operacional da Campanha de Vacinação. Ao todo, serão 306 mil doses da Coronavac, que serão destinadas a grupos prioritários conforme as diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI).

A prioridade do Governo do Estado, neste momento, é executar a operação logística para que os municípios do interior comecem a aplicação. Na reunião, ficou definido que as Forças Armadas, que já estão em operação para garantir o abastecimento de oxigênio nos hospitais, devem atuar fortemente junto ao executivo estadual para transporte da vacina.

Desafio logístico

O Governo do Amazonas possui contêineres refrigerados para armazenagem das vacinas e cerca de 440 mil seringas e agulhas em estoque. O Estado adquiriu mais de 1,5 milhão de seringas e agulhas, que serão entregues pelo fornecedor até o dia 25 de janeiro. A FVS-AM começou a instalar, no último domingo (17/01), três containers refrigerados com sistema de inteligência artificial, destinados para armazenagem de vacinas.

Com dimensões continentais, a logística de distribuição das doses no Amazonas vai envolver os modais aéreo, fluvial e terrestre. Dadas as características geográficas, 20 municípios serão abastecidos apenas por aeronaves. Depois que o imunizante chegar ao estado, a programação é que em três dias alcance todos os municípios com deslocamento aéreo e terrestre, e em cinco dias aos locais com deslocamento apenas fluvial – neste caso, menos de 5% do total das localidades.

A primeira etapa da imunização vai priorizar trabalhadores de saúde, idosos de 80 anos ou mais, idosos de 75 a 79 anos, pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e população indígena. A expectativa é vacinar nessa fase 276.703 pessoas contra o novo coronavírus.
A segunda fase da campanha é destinada para pessoas faixa etária de 60 a 74 anos. Na terceira etapa serão incluídas as pessoas portadoras de doenças crônicas, entre elas, diabetes, hipertensão, imunodeprimidos, entre outros.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: