Amazonas

Justiça do Amazonas nega novo recurso e mantém fechamento das ativides não essenciais

A Justiça do Amazonas negou nesta quarta-feira (06/01) mais um recurso proposto pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Amazonas que tinha o objetivo a revogação da liminar que determinou o fechamento das atividades não essenciais no Estado, por 15 dias.

O desembargador plantonista Délcio Luis Santos, que negou o recurso de hoje, também indeferiu Mandado de Segurança, no último sábado (02/01), impetrado pela Associação PanAmazônia, que tinha o mesmo objetivo de suspender os efeitosda Ação Civil Pública nº 0600056-61.2021.8.04.0001 movida pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: