Amazonas

Covid-19: com 559 novos casos, Amazonas ultrapassa mil internações

Brasil atingiu a marca de 7.751.721 casos confirmados

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) trouxe nesta segunda-feira (04/01) o diagnóstico de 559 novos casos de Covid-19, totalizando 202.972 casos da doença no estado. Dos 202.972 casos confirmados no Amazonas, até esta segunda-feira (04/01), 83.440 são de Manaus (41,11%) e 119.532 do interior do estado (58,89%).

O boletim acrescenta, ainda, que 24.880 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de Saúde, o que corresponde a 12,26% dos casos confirmados ativos.

Internações

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 1.126 pacientes internados, sendo 735 em leitos (242 na rede privada e 484 na rede pública), 373 em UTI (129 na rede privada e 240 na rede pública). Atualmente, a taxa de ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 92%, sendo 91% na rede pública e 95% na rede particular.

18 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde. Outros 382 pacientes internados são considerados suspeitos e aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 285 estão em leitos clínicos (165 na rede privada e 120 na rede pública), 75 estão em UTI (59 na rede privada e 16 na rede pública) e 22 em sala vermelha.

Óbitos

Segundo o boletim, foram confirmados 23 óbitos por Covid-19, sendo 14 ocorridos no domingo (03/01). Nove óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.368 o total de mortes.

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 3.444 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.924.

Sepultamentos

A Prefeitura de Manaus informa que um total de 66 sepultamentos foi registrado nos cemitérios da capital do Amazonas nesta segunda-feira, 4/1. Desses, 52 foram nos espaços gerenciados pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), sem opção por cremação e dois óbitos oriundos de outras cidades. Já nos cemitérios particulares, 14 enterros foram realizados.

Entre as causas das mortes do total de sepultamentos nos cemitérios públicos da capital do Amazonas, 19 foram declaradas como Covid-19 e nos espaços privados foram dez registros de óbitos pelo novo coronavírus.

Brasil

O Brasil atingiu a marca de 7.751.721 casos confirmados de Covid-19 nesta segunda-feira (04/01). O número de mortos pela doença, por sua vez, chegou a 196.484. Nas últimas 24 horas foram registrados 18.102 novos casos e 466 novos óbitos.

Com informações e foto da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: