Amazonas

Covid-19: internações batem novo recorde e Amazonas registra 293 novos casos

O Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 274, da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), informa neste sábado (02/01) o diagnóstico de 293 novos casos de Covid-19, totalizando 201.867 casos da doença no estado.

O boletim acrescenta ainda que 24.561 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 12,17% dos casos confirmados ativos.

Internações

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 867 pacientes internados, sendo 519 em leitos (199 na rede privada e 320 na rede pública), 321 em UTI (118 na rede privada e 203 na rede pública). Atualmente, 85% das UTI’s do estado estão ocupadas, sendo 81% na rede pública e 92% na rede particular.

Há ainda outros 328 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 240 estão em leitos clínicos (133 na rede privada e 107 na rede pública), 63 estão em UTI (51 na rede privada e 12 na rede pública) e 25 em sala vermelha. Há ainda 27 pacientes em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Óbitos

O número de mortes também voltou a subir. Segundo o boletim, foram confirmados 29 óbitos por Covid-19, sendo 18 ocorridos na sexta-feira (1º/01) e 11 encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.325 o total de mortes.

 Entre pacientes em Manaus, há o registro de 3.412 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.913.

Brasil

O Brasil atingiu a marca de 7.716.405 casos confirmados de Covid neste sábado (02/01). O número de mortos pela doença, por sua vez, chegou a 195.725. Nas últimas 24 horas foram registrados 17.711 novos casos e 331 novos óbitos.

Com informações e foto da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom)

1 comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: