Amazonas

CIF identifica seis eventos com aglomerações e risco de proliferação da Covid-19, em Manaus

A Central Integrada de Fiscalização (CIF) fechou seis estabelecimentos, sendo duas festas clandestinas, entre a noite desta sexta-feira (25/12) e a madrugada deste sábado (26/12). Três bares foram autuados por descumprimento às medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. As equipes policiais apreenderam um equipamento de som e conduziram o organizador de uma festa clandestina que ocorria no bairro Tarumã, zona oeste, ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Juntos, os estabelecimentos fechados pelas equipes da CIF reuniam cerca de 3,5 mil pessoas. A maioria das festas clandestinas foi flagrada no bairro Tarumã. No Forró de Nós, o organizador do evento, um homem de 31 anos, foi detido por descumprimento de medida sanitária e teve seu equipamento de som apreendido pelos policiais. Uma aglomeração com mais de 2 mil pessoas foi identificada no local.

Outros locais que tiveram a atividade encerrada foram o Píer 300 e o flutuante Sunset, com cerca de mil pessoas, na Estrada do Cetur. O Sunset também estava com o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros vencida. O documento contém as medidas de prevenção contra incêndios. Na avenida do Turismo, o Forró do Velho Chico e o Copacabana também foram pegos com irregularidades. Na avenida São Jorge, a fiscalização ocorreu no Porão do Alemão, que teve seu evento encerrado.

A CIF é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e reúne órgãos estaduais e, nessa edição, contou com a participação do Instituto Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana (IMMU). Participaram da CIF a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), Defesa Civil, Ouvidoria-Geral do Sistema de Segurança e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

Com informações da Secom-AM. Foto: Carlos Soares/SSP-AM

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: