Amazonas

Amazonas registra 938 casos de Covid-19 neste sábado (03/10)

O estado do Amazonas registrou 938 novos casos de Covid-19, levando o total de casos confirmados a 142.137. A informação consta no Boletim Diário Covid-19 da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), edição nº 184, divulgado neste sábado (03/10). Os dados na íntegra podem ser acessados diretamente no site do órgão.

Destes, 879, sendo 526 na capital e 353 no interior, foram detectados por testes rápidos, que identificam os anticorpos, a maioria dos quais casos antigos que podem ter ocorrido no pico da pandemia, com data de início dos sintomas entre, pelo menos, oito e 180 dias ou mais das primeiras manifestações da doença. Outros 59 foram detectados por RT-PCR, exame que aponta casos novos que estão entre o 3º e 6º dias da doença. Do total de casos detectados por RT-PCR, 53 são na capital e seis no interior, totalizando 142.137 casos da doença no estado.

Conforme o boletim, foram confirmados sete óbitos por Covid-19, sendo seis ocorridos nas últimas 24 horas e um óbito encerrado por critério laboratorial, elevando para 4.169 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, nesta sexta-feira (02/10), foram registrados 31 sepultamentos e quatro óbitos em domicílio. O boletim acrescenta ainda que 17.118 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, o que corresponde a 12,04% dos casos confirmados ativos.

Dos 142.137 casos confirmados no Amazonas até este sábado (03/10), 53.210 são de Manaus (37,44%) e 88.927 do interior do estado (62,56%). Sobre os óbitos, entre pacientes em Manaus, há o registro de 2.639 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.530.

Internações

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 323 pacientes internados, sendo 215 em leitos clínicos (80 na rede privada e 135 na rede pública), 108 em UTI (53 na rede privada e 55 na rede pública) e nenhum em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há ainda outros 53 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 37 estão em leitos clínicos (27 na rede privada e 10 na rede pública), 14 estão em UTI (nove na rede privada e cinco na rede pública) e dois em sala vermelha.

Com informações e foto da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: