Esportes

Brasileirão Feminino: Santos líder e Iranduba na zona de rebaixamento

O Santos é o novo líder da Série A1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Além de golearem o Audax por 5 a 0, na partida que marcou a volta do torneio após cinco meses e meio devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), as Sereias da Vila tiveram uma ajuda do rival Corinthians, que bateu a Ferroviária por 2 a 0 no jogo que encerrou a quinta rodada da competição. No outro duelo desta quarta-feira (26), Internacional e Flamengo ficaram no 1 a 1.

Na Vila Belmiro, as santistas liquidaram o duelo em meia hora. Logo aos cinco minutos, a lateral-esquerda Katielle cruzou e a centroavante Cristiane, na entrada da pequena área, bateu de primeira para abrir o placar. Aos 15, a volante Bia Menezes recebeu com liberdade na intermediária, arriscou e marcou um golaço.

Quatro minutos depois, a lateral Giovanna cobrou escanteio e a zagueira Tainara, de primeira, marcou o terceiro. O quarto gol das Sereias saiu aos 28: a meia Rita Bove desviou de cabeça para a atacante Thaisinha, livre, chutar na saída da goleira Michelle.

Na etapa final, as alvinegras diminuíram o ritmo, mas ainda chegaram ao quinto. Aos 22 minutos, a meia Luana, recém-promovida à equipe profissional, acertou uma bomba da meia-lua, fechando o marcador na Vila Belmiro. A vitória levou as Sereias a 15 pontos, com 100% de aproveitamento, enquanto o Audax é o 14º, ainda zerado na competição.

Timão vence e protesta

Com a vitória, a equipe do litoral paulista só poderia ser alcançada pela Ferroviária, mas a reedição da final do último Brasileiro não saiu como o esperado pelo time de Araraquara (SP). No Parque São Jorge, as Guerreiras Grenás não resistiram ao Corinthians e caíram para o segundo lugar da classificação, com 12 pontos. O Timão atingiu a mesma pontuação, mas fica em terceiro pelo saldo de gols (12 a 6).

Antes de a bola rolar, as jogadoras do Alvinegro se ajoelharam e ergueram o punho direito em apoio ao movimento “Vidas Negras Importam”. O gesto é um símbolo dos protestos contra o racismo e ocorre no mesmo dia em que partidas da NBA (liga de basquete profissional masculino dos Estados Unidos) foram adiadas após atletas decidirem não entrar em quadra. A postura se deu em repúdio ao caso Jacob Blake, no qual o homem negro levou sete tiros pelas costas de policiais brancos.

Com o desenrolar do jogo, o Timão foi superior e abriu o placar aos 18 minutos. Após um chute da atacante Adriana parar no travessão, a bola sobrou para a meia Tamires, que escapou da marcação de três zagueiras, na velocidade, e bateu no canto da goleira Luciana.

Ainda na etapa inicial, a meia Gabi Zanotti quase ampliou, em cabeçada que parou na trave direita da Ferroviária. Porém, o Corinthians definiu o placar logo no começo do segundo tempo. Aos três minutos, Adriana tabelou com Tamires, invadiu a área pela direita e chutou no contrapé de Luciana.

Flamengo segura Inter

Entre as vitórias de Santos e Corinthians, o Internacional recebeu o Flamengo no Sesc Campestre. As Gurias Coloradas criaram as melhores chances do primeiro tempo, mas não aproveitaram. A punição veio logo no primeiro minuto da etapa final. A zagueira Bruna Benites afastou parcialmente, a atacante Flávia ficou com a sobra e encobriu a goleira Yasmin, colocando o Rubro-Negro à frente.

O empate veio em uma saída de bola equivocada do Flamengo. Pressionada pela marcação alta, a goleira Kaká errou o passe na pequena área e deu a bola nos pés da centroavante Byanca Brasil, que mandou para o gol aos 21 minutos. O Colorado pressionou, mas não conseguiu a virada.

Com o resultado, o Inter foi a nove pontos, mesma pontuação de outras quatro equipes, mas, como tem uma vitória a menos, segue estacionado na oitava posição. O Flamengo ganhou duas colocações e assumiu o 11º lugar, com sete pontos, deixando a zona de rebaixamento.

Salvação no Iranduba

Quem entrou no Z-4 com o complemento da quinta rodada foi o Iranduba, agora o 13º, com seis pontos. O time amazonense, que vive crise financeira e perdeu várias jogadoras durante a paralisação, fechou nesta quarta-feira uma parceria para conseguir atuar na sequência do Brasileiro. O clube utilizará o elenco do 3B da Amazônia, que também é de Manaus e disputa a Série A2 (segunda divisão feminina) nacional. O grupo será apresentado nesta quinta-feira (27).

O Iranduba afirma que a patrocinadora master, a empresa britânica VeganNation, não cumpriu o contrato firmado no fim de 2018, e que o caso está na Justiça. O clube receberia por meio de moedas virtuais, que entrariam no mercado em 2019 e seriam trocadas por dinheiro (o que não aconteceu). O time faz uma campanha on-line de financiamento coletivo para ajudar a pagar as despesas do grupo. Até o momento, foram arrecadados cerca de R$ 4,9 mil. Confira, abaixo, os jogos da sexta rodada da Série A1:

Sábado (29)

14h – Cruzeiro x Grêmio (Mineirão)
15h – Ponte Preta x Palmeiras (Moisés Lucarelli)
20h30 – Vitória x Iranduba (Barradão)

Domingo (30)

14h – São Paulo x Minas Icesp (CFA de Cotia)
15h – Avaí/Kindermann x Santos (Carlos Alberto Costa Neves)
15h – Ferroviária x Internacional (Fonte Luminosa)
15h – Audax x São José (José Liberatti)

Segunda-feira (31)

19h – Flamengo x Corinthians (a definir)

Com informações da Agência Brasil. Foto: Flavio Hopp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: