Edward Snowden cederá entrevista na Campus Party Amazônia

0

O ex-consultor técnico da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos (EUA), Edward Snowden, responderá a perguntas ao vivo, de qualquer participante do mundo, durante a Campus Party Transire Amazônia, que acontecerá de 9 a 11 de julho.

O evento será a primeira edição global e digital e irá conectar Manaus a mais de 30 países, on line e on demand por 72 horas ininterruptas. O anúncio foi feito por Francesco Farruggia, Presidente do Instituto Campus Party e fundador do Include by Campus Party, live de apresentação do evento, na manhã desta terça-feira (23).

“Entre os grandes nomes confirmados está o de Edward Snowden, que não dará palestra, e sim responderá aos participantes de forma on line, na hora. Estamos preparando um sistema de segurança especialmente para este momento e, por isso, ainda não podemos informar a data precisa de sua entrevista coletiva”, assinalou Farruggia.

Participação amazonense

Também participaram da live Thalis Antunes, Gerente de Conteúdos e Comunidades da Campus Party, e Átila Menezes, embaixador manauara e criador do 1 Minuto Nerd. Ambos confirmaram atividades de amazonenses durante o evento mundial.

Uma delas é a divulgadora científica Yara Laiz Souza. “A Campus significa muito para quem participa. União e compartilhamento são dois sentimentos fortes entre os campuseros. E, neste momento mundial, uma Campus Digital ira promover esse sentimento de conexão que tanto precisamos, de ficar juntos mesmo longe e de pensar na nossa contribuição positiva contra a pandemia”, afirmou a Guild Master.

Outros nomes

O presidente também confirmou as palestras de Tim Berners-Lee, o criador da World Wide Web – que permite conexões à internet -, e do publicitário Dado Schneider, doutor em comunicação.
“São nomes importantes que abrilhantarão mais ainda a Campus Party Transire Amazônia e temos muito orgulho de ajudar nesta história”, salientou Valéria Carrete, Diretora de Novos Negócios e Parcerias Estratégicas do Grupo Transire.

Campus Party Digital 2020

A Campus Party Digital 2020 acontecerá entre 9 e 11 de julho e terá conferências gratuitas ao vivo e on demand em um palco principal global, que contará com mais de 50 palestrantes de renome internacional e de diversas nacionalidades.

Snowden

Em 2013, Edward Snowden ganhou os noticiários ao revelar documentos secretos sobre o modus operandi da segurança norte-americana para os jornais The Guardian (Reino Unido) e Washington Post (EUA). Snowden apontou que a Agência Nacional de Segurança (NSA) coletou dados de ligações telefônicas de milhões de cidadãos americanos a partir do programa de monitoramento chamado de PRISM. O ex-consultor da CIA também revelou que a Casa Branca acessava fotos, e-mails e videoconferências de quem usava os serviços de empresas como Google, Skype e Facebook.

As denúncias não pararam por aí. No dia 7 de junho, o jornal americano Washington Post detalhou a existência de um programa de vigilância secreta dos Estados Unidos que envolve setores de inteligência de gigantes da internet como Microsoft, Facebook e Google. Após realizar as denúncias, Snowden fugiu para Hong Kong (China).

Em julho do mesmo ano, o jornal brasileiro O Globo publicou reportagem que apontava que milhões de chamadas telefônicas e e-mails de brasileiros e estrangeiros no Brasil também foram monitorados pelo programa de vigilância norte-americano. O fato causou mal-estar entre governos brasileiros e dos Estados Unidos, uma vez que a prática feria os princípios de não-intervenção e soberania nacional. O governo federal e o Congresso Nacional criticaram o vazamento e realizaram uma série de encontros com representantes norte-americanos para discutir o tema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui