Amazonas

Governo do Amazonas prorroga quarentena e torna obrigatório o uso de máscaras

Diante do aumento no número de diagnósticos de Covid-19 no Amazonas, o governador Wilson Lima (PSC) anunciou, em coletiva via redes sociais nesta terça-feira (12), a prorrogação das medidas de isolamento social em todo o Estado até 31 de maio. O alto índice de sepultamentos na cidade de Manaus (média de 100 ao dia) também contribuiu para o adiamento da abertura econômica, prevista para iniciar a partir de quinta-feira (14).

Também presente à coletiva, a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemary Pinto, anunciou um plano de estudo para entender a disseminação do novo coronavírus no Estado, incluindo ampliamento de testes de sorologia. “O cronograma detalhado deste plano será divulgado ainda no mês de maio”, afirma.

Sobre o momento atual da pandemia no Amazonas, Rosemary Pinto afirmou que, apesar de uma tímida diminuição no número de diagnósticos, internações e óbitos, registrados nos últimos dias, o perigo ainda não passou. “Estimamos quase 60 mil casos não identificados pelas autoridades que estão disseminando o vírus”, explica.

Ainda segundo Rosemary, há um risco real de um novo pico de casos no Estado, se as medidas de isolamento social sejam suspensas neste momento. “Esse risco existe e pode ser ainda mais preocupante do que os números das últimas semanas. Tudo vai depender do comportamento da população diante do isolamento social e do uso de máscaras”, alertou.

Testagem – De acordo com a diretora da FVS, até o momento foram feitos 16.451 testes de RT-PCR (do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction, considerado o padrão-ouro no diagnóstico da Covid-19) e 7.661 testes rápidos (que detectam proteínas do na fase de atividade da infecção e anticorpos, que identificam uma resposta imunológica do corpo em relação ao vírus).

Máscaras – Além da manutenção da quarentena em todo o Estado, foi decretada a obrigatoriedade do uso de máscaras em todo o Estado. Para atender essa medida, Lima anunciou ainda o projeto “Costurando a Esperança, Protegendo vidas”, que garantirá renda para pelo menos 200 costureiras desempregadas e vai distribuir 1 milhão de máscaras para a população em situação de vulnerabilidade social em Manaus e Região Metropolitana.

Casos – O Amazonas registrou 1.249 novos casos, nesta terça-feira (12/05), totalizando 14.168 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Nesta edição do boletim, foram confirmados mais 63 óbitos pela doença, elevando para 1.098 o total de mortes, sendo 42 óbitos nas últimas 24 horas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: