Amazonas

Wilson Lima decreta luto, fala em medidas mais rígidas, mas desconversa sobre reabertura

O governador Wilson Lima anunciou, nesta segunda-feira (11), que decretou luto de três dias por mortes decorrentes de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, tendo sido ultrapassada ontem a marca de mil vidas perdidas no Amazonas em razão da pandemia da doença. Ele também adiantou que amanhã (12/05) se reunirá com representantes de demais poderes e órgãos de controle para definir medidas mais rígidas de isolamento social.

Segundo Wilson Lima, o estudo encomendado pelo Governo do Amazonas indica que o estado já atravessava o pico de casos de Covid-19 no início de maio. Também aponta a necessidade de análise do comportamento da curva de incidência, o que vem sendo feito para avaliar, inclusive, possibilidade de um repique de casos.

“Ontem nós ultrapassamos a casa de mil mortos aqui no Amazonas. Hoje o Governo do Estado está decretando luto oficial de três dias  e bandeiras a meio mastro, lamentando essas mortes que foram ocasionadas pelo coronavírus. Amanhã estarei reunindo com os poderes, com a indústria e o comércio para a gente reavaliar a possibilidade de estabelecermos medidas mais restritivas, porque quanto maior for o isolamento, mais rápida há a possibilidade da gente sair dessa situação e retomar a nossa rotina”, frisou.

Ampliação da rede de saúde

Em entrevista a uma emissora de TV nesta segunda-feira, Wilson Lima ressaltou que o Governo do Estado vem se preparando para enfrentar o aumento de casos de síndromes respiratórias desde novembro de 2019. “Nós colocamos para funcionar aqui um hospital que só funcionava com 30% da sua capacidade. Dos 350 leitos que tínhamos aqui, apenas 130 estavam em funcionamento, e nós colocamos esse hospital para funcionar com toda a sua totalidade, que é o Delphina Aziz, é referência para o atendimento da Covid-19. Então só lá nós abrimos mais de 200 leitos, incluindo leitos de UTI e leitos clínicos”, detalhou.

Reabertura

Apesar do anúncio, ainda não há sinalização por parte do governo sobre a permanência ou não das restrições de isolamento social, prorrogado no último dia 30 de abril. O Governo anunciou, na mesma data, um plano para retomada gradual das atividades econômicas em Manaus e região metropolitana, condicionada à análise da curva de casos do novo coronavírus.

De acordo com o estudo, o pico de casos da doença permaneceria até ontem, 10 de maio, com início de curva decrescente a partir do dia 11. No entanto, não há sinais de que tal previsão vai realmente se confirmar.

Com informações e foto da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: