Amazonas

Governo prorroga suspensão de serviços e anuncia programa de auxílio

O Governo do Amazonas prorrogou, até o dia 30 de abril, em todo o Estado, as medidas complementares implementadas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Por meio da nova decisão (Decreto 42.185), está mantida a suspensão de eventos de quaisquer naturezas promovidos pelo Executivo estadual, bem como o atendimento público em restaurantes, bares, lanchonetes, praças de alimentação e similares.

As medidas têm por finalidade restringir a circulação e aglomeração de pessoas de maneira a contribuir para o aumento do índice de isolamento social em todo o Estado. Esta iniciativa segue a orientação da Organização Mundial de Saúde e é considerada a forma mais eficaz de reduzir a velocidade de contágio pelo novo coronavírus.

Por meio do Decreto, ficam suspensas ainda a visitação a presídios e centros de detenção para menores de idade; a participação de servidores ou de empregados em eventos ou viagens internacionais, interestaduais ou intermunicipais e adicionalmente, eventos e atividades com a presença de público acima de 100 pessoas – mesmo com autorização prévia. Também permanece vetado o funcionamento de academias, centros de ginástica e estabelecimentos similares.

Transportes fluvial e rodoviário

Publicado nesta semana, o Decreto 42.185 determinou adicionalmente a prorrogação da suspensão do serviço de transporte fluvial de passageiros e do transporte fluvial de passageiros dentro da área territorial de abrangência do Estado. Inicialmente, a suspensão desses serviços ocorreu por meio do Decreto nº 42.087, de 19 de março de 2020.

No mesmo documento, o Governo do Estado manteve a interrupção dos atendimentos presenciais, no âmbito dos órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual. Não estão incluídos, nesta medida, os serviços públicos essenciais e os casos de urgência e emergência. Vale destacar que os órgãos estaduais disponibilizaram canais específicos de atendimento ao público neste período.

Auxílio

O governador Wilson Lima lançou, ainda nesta sexta, o benefício emergencial do Programa Apoio Cidadão, criado para dar assistência à população mais vulnerável durante a pandemia de Covid-19. O valor de R$ 200 será disponibilizado por meio de cartão magnético para cada família contemplada, pelo período de três meses, e é destinado à compra de itens de primeira necessidade exclusivamente em lojas credenciadas. Ao todo, o Governo do Estado investirá R$ 30 milhões em recursos próprios na ação, que beneficiará 50 mil famílias na capital e no interior.

Diversos órgãos estaduais estão envolvidos na viabilização do benefício emergencial pelo Programa Apoio Cidadão. Um deles é a Secretaria de Assistência Social (Seas), que publicará em seu site (www.seas.am.gov.br) a lista dos beneficiários do auxílio, que poderá ser usado na compra de gêneros alimentícios e itens de higiene pessoal e limpeza.

Com informações da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom). Foto: Arthur Castro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: