Amazonas

Covid-19: confirmados em várias cidades, casos no Amazonas chegam a 67

O Amazonas tem 13 novos casos do novo coronavírus (Covid-19), totalizando 67 casos confirmados. A atualização dos números foi feita no início da tarde desta quinta-feira (26) pela diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Pinto e pelo secretário executivo de Atenção Especializada do Interior, Cássio Roberto.

Dos 67 pacientes infectados, 63 são de Manaus e 2 provenientes de Parintins, um de Santo Antônio do Içá (distante 880 km da capital), outro em Boca do Acre (distante 1,026.73 km de Manaus), outro em Itacoatiara (distante 175.89 km de Manaus). Desses casos, 59 estão em isolamento domiciliar e 7 estão internados.

O Amazonas registrou na noite da última terça-feira (24), a primeira morte decorrente de complicações causadas pelo convid-19. O paciente era um homem de 49 anos, proveniente do município de Parintins, que morreu no Hospital e Pronto Socorro (HPS) Delphina Aziz, na zona norte de Manaus. Ele foi internado no último dia 21.

Há ainda 18 casos em investigação como possíveis infectados. Os casos internados na rede pública já estão em protocolo de testes da cloroquina, medicamento que está sendo observado no tratamento da doença.

Com a confirmação do primeiro caso de transmissão local no último domingo (22), não são mais anunciados os casos suspeitos, pois todos os cidadãos são considerados como potencialmente infectados. Segundo as autoridades de saúde, não há transmissão comunitária do vírus.

A transmissão local da doença significa que há pacientes infectados no Estado por outros que adquiriram o vírus fora do Amazonas. Ainda não há a chamada transmissão comunitária no Estado, quando pacientes infectados no Amazonas contaminam outros moradores locais.

Curva de casos

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Pinto, explicou que já existe uma curva de casos no Amazonas, mas que o aparente baixo número de casos não significa que o covid-19 não terá grande impacto no estado. “Nossa curva ainda não é de casos comunitários, ou seja, transmitidos entre a população. Mas ainda estamos no início. Ainda não sabemos com dados precisos como o vírus vai se comportar na nossa população”, explica.

Reabertura do comércio

Ainda nesta quinta-feira, cerca de treze órgãos do comércio, indústria e do setor de serviços no Amazonas, pediram ao governo do Amazonas que realize a abertura do comércio no Centro e em bairros de Manaus e dos shoppings. A proposta é de que as lojas de rua voltem a funcionar a partir do dia 30 de março, das 9h às 15h, e os shoppings no dia 7 de abril, das 15h às 21h. O governador não estava presente na coletiva e a Secretaria de Estado de Comunicação não retornou nosso questionamento a respeito até o fechamento desta atualização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: