Esportes

Coronavírus muda a rotina do esporte pelo mundo

A disseminação do novo coronavírus (Covid-19) tem afetado drasticamente a rotina dos esportes pelo mundo. A tradicional cerimônia de acendimento da tocha olímpica dos Jogos de Tóquio 2020, por exemplo, não terá a presença do público. A determinação do Comitê Olímpico Helênico (Grego) busca evitar riscos de contaminação da doença. A tocha será acesa nesta quinta-feira (12), na cidade de Olímpia, na Grécia, dando início ao revezamento de sete dias, que será concluído na cidade de Atenas.

Até o momento, a Grécia tem 73 casos confirmados de Covid-19, mas faz fronteira com a Itália, país mais afetados na Europa: são 7.375 pessoas infectadas e o total de mortes já chegou a 366.

Em nota, o Comitê Olímpico Grego explicou que a tocha será acesa na quinta (12), sem público, com a presença apenas de 100 convidados e credenciados. Além do evento oficial na quinta (12), o ensaio geral, programado para quarta-feira (11), também será fechado ao público, com limitação do número de jornalistas credenciados.

Esta é a primeira vez, em 36 anos, que a cerimônia de acendimento da tocha não terá espectadores. Em 1984, o evento para os Jogos Olímpicos de Los Angeles também foi fechado ao público.

A Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês) decidiu cancelar todos os torneios da modalidade até o final de abril. Entre as competições suspensas, estão o Grand Slam de Ecaterimburgo (Rússia) – que seria realizado a partir de sexta-feira (13) – e os Grand Prix de Tiblisi (Georgia) e Antália (Turquia).

Futebol também sofre

A polícia de Paris anunciou nesta segunda (9) que a partida da próxima quarta entre PSG (França) e Borussia Dortmund (Alemanha), válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões e realizada no estádio Parque dos Príncipes, não contará com a presença de torcedores.

Também nesta segunda, o Comitê Olímpico Italiano (Coni, na sigla em italiano) decidiu interromper todas as competições esportivas até o dia 3 de abril como forma de evitar a propagação do coronavírus.

Neste contexto crescem os rumores de que podem haver mudanças na edição 2020 da Eurocopa, edição festiva da competição que será realizada em 12 sedes diferentes. O jogo de abertura está programado para o dia 12 de junho no estádio Olímpico de Roma.

Ao ser questionada pela agência de notícias turca Anadolu sobre possíveis mudanças na programação da Eurocopa por conta do avanço do coronavírus, a Uefa (entidade que rege o futebol europeu) enviou a seguinte resposta por e-mail: “A Euro 2020 começará em 12 de junho de 2020 em Roma. No momento, não há necessidade de alterar nada no planejado. A questão será mantida sob constante escrutínio”.

Com informações e foto da Agência Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: