Amazonas

Novo capítulo da guerra entre facções criminosas em Manaus

Um intenso foguetório e uma série de áudios compartilhados via WhatsApp deixou a população de vários bairros de Manaus alarmada na noite desta segunda-feira (10). As mensagens alertam para mais um capítulo do conflito armado entre as facções criminosas Comando Vermelho e Família do Norte (FDN).

As mensagens de áudio compartilhadas afirmam que a invasão Monte Horebe, na Zona Norte de Manaus, foi tomada pelo Comando Vermelho após a morte de um dos traficantes líderes da FDN ser morto na tarde desta segunda no Coroado, zona Norte da cidade. O objetivo seria a tomada do bairro da Compensa (Zona Oeste).

O secretário executivo de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva, confirmou que novos confrontos entre integrantes de facções foram identificados pelos serviços de inteligência do Estado: da Secretaria de Inteligência (Seai), Polícia Militar e da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Antes aliadas contra outra facção, o Primeiro Comando da Capital (PCC), FDN e Comando Vermelho entraram em conflito a partir de 2018, com uma traição entre lideranças dos grupos. A guerra pelo tráfico na cidade vem causando uma verdadeira carnificina em Manaus. A capital do Amazonas teve um dos meses mais sangrentos de sua história em janeiro deste ano, quando 117 pessoas tiveram morte violenta, a maioria envolvida no conflito.

Medidas

Até o fechamento desta atualização, a Secretaria de Segurança Pública do Estado ainda não havia confirmado mais informações sobre o caso. No entanto, o Governo do Amazonas criou ainda na noite desta segunda o chamado “Gabinete de Crise do Sistema de Segurança Pública”. De acordo com o comunicado, o objetivo é se antecipar e evitar distúrbios decorrentes do confronto. A medida colocou todo o sistema de segurança em alerta, nas cadeias e nas ruas da cidade.

Temendo situações de emergência, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) comunicou que as visitas estavam suspensas neste domingo (09) em quatro unidades prisionais: Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Centro de Detenção Provisória Masculino 1 (CDPM 1) e Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

O comandante da Polícia Militar (PM), coronel Ayrton Norte, afirmou que já nesta noite de segunda-feira, o efetivo da PM foi ampliado em Manaus. ‘’Mantivemos as equipes do dia no turno da noite, para somar esforços. Nosso objetivo é justamente se antecipar e aumentar a segurança à população”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: