Esportes

Opinião: se o Brasil perder hoje (ou na semifinal), nada de “caçar bruxas”

Mesmo que o hexa não venha, o trabalho de Tite e o desempenho dos atletas merece ser reconhecido e o trabalho deve ter continuidade

Após o traumático 7×1 dentro da sua própria casa em 2014, a seleção brasileira conseguiu se reestruturar, montou um time de respeito e de quebra fez as pazes com a torcida. O responsável por essa façanha é o treinador Adenor Bachi, o Tite. Além da sua excelente comissão técnica. Ambos conseguiram, em menos de dois anos, organizar taticamente a equipe e dar novo ânimo a um grupo completamente perdido nas mãos de Dunga.

Quem vê hoje jogadores como Tiago Silva, por exemplo, jogando o fino da bola hoje nem lembram do zagueiro inseguro e atrapalhado que pôs a não bola e fez o pênalti que ajudou a eliminar o Brasil da Copa América de 2015. Neymar passou a ser mais produtivo e evolui a cada jogo. Sem contar o crescimento de nomes como William, Coutinho e outros.

Mas o time enfrenta nesta sexta-feira um grande adversário. Aliás, seu maior desafio até aqui. E, como é do esporte, pode ser eliminado. Mas, se infelizmente isso acontecer (aliás, agora ou eventualmente em uma semifinal) o trabalho deve continuar. Na verdade, ele deve ser ampliado.

Lições do 7×1

Uma das grandes lições das derrotas para Alemanha e Holanda foi a necessidade de modernização do futebol brasileiro. E isso ainda está longe do ideal.

Se a seleção brasileira vem desempenhando um bom papel desde as eliminatórias, nossos clubes ainda sofrem no cenário internacional. Seria muito importante que os clubes pudessem absorver a mesma modernização tática implantada no time canarinho. A experiência tanto do coordenador técnico Edu Gaspar com as categorias de base do Corinthians poderia ser repassada aos clubes. Aí teríamos uma renovação profunda no futebol nacional. Por isso a continuidade e cooperação entre todos é fundamental.

Portanto, se o hexa não vier dessa vez, nada de desespero. Se continuarem trabalhando com essa mesma determinação e ampliarem para os clubes que formam os atletas, ele será questão de tempo. E vai faltar lugar no escudo pra tantas estrelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.