Sem categoria

Federação Nacional do Fisco afirma que Bolsonaro usou “fake news” a respeito de combustíveis

A Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco) rebateu em nota a declaração publicada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, a respeito da composição dos impostos dos combustíveis. Em suas redes sociais, o presidente acusa os governadores de serem os culpados pela alta no preço dos combustíveis e que, em razão dessa culpa, tomará a iniciativa de propor a alteração da cobrança do ICMS, em desfavor dos estados e municípios. A entidade sindical nacional representa mais de 35 mil servidores públicos fiscais tributários da Administração Tributária dos Estados e do Distrito Federal.

“Ao anunciar uma medida que pode reduzir dramaticamente as já combalidas finanças de estados e municípios, altamente dependentes do ICMS em razão de um sistema tributário que privilegia os milionários e os grandes proprietários, o chefe do Executivo falta com a verdade. A disparada do preço dos combustíveis, verificada a partir de 2017, não apenas nada tem a ver com a tributação, como tem tudo a ver com a mudança na política de preços da Petrobras, que passou a vigorar exatamente em 2017 e permanece intocada pelo atual governo, para regozijo dos acionistas da Petrobras, muitos dos quais estrangeiros”, explica a Fenafisco.

A entidade acusa ainda Bolsonaro, de “preferir o caminho mais fácil para não se indispor com os acionistas privados da Petrobras, que acumulam ganhos extraordinários com a mudança da política de preços da empresa e ameaçar aos estados que, em última análise, imporá sacrifícios ainda maiores, não aos governadores, mas à sociedade brasileira, especialmente a parcela mais dependente dos serviços públicos”, afirma.

Por último, a Fenafisco afirma que espera que o presidente tenha coragem para enfrentar o problema na sua raiz e pede aos governadores e prefeitos para denunciarem com veemência o que chamaram de “fake news” e “resistirem a esse violento assédio aos cofres públicos”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: