MORTES – COVID – 2

Manaus 09 05 2020-Quatro pessoas morreram de Covid-19 na cidade. enterros no cemitério Parque da Saudade - “Estou mais ou menos sem oxigênio”. A frase é do indígena Denivaldo Souza Cruz, do povo Desana, funcionário da Fundação Nacional do Índio (Funai), relatando a falta oxigênio desde ontem (8 de abril) nos respiradores do Hospital de Guarnição do Exército, em São Gabriel da Cachoeira, no norte do Amazonas. Ele é uma das sete pessoas que estão internadas no hospital em tratamento de Covid-19.Sem saber, Denivaldo Cruz conseguiu mobilizar o Comitê da Prefeitura de São Gabriel, o Ministério Público do Amazonas e o Governo do Amazonas para solucionar a crise no hospital ainda neste sábado (9).Denivaldo mandou seu relato pelo aplicativo de mensagens Whatsapp e rapidamente a notícia se espalhou pelo município, que tem 45 mil habitantes, sendo a maioria indígenas pertencentes a 23 etnias. Antes, ele escreveu em seu perfil no Facebook a situação de sua própria saúde: “Parentes amigos ontem (7) e hoje (8) as coisas pioraram um pouco. O médico tá preocupado porque eu não consigo estabilizar minha respiração. Estou desde ontem no oxigênio e o cançasso [sic] é muito grande. Por enquanto é isso agora nos testa oração [sic]”, disse.(Fonte Amazonia Real )(Foto: Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Rea

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: