Amazônia

Governo do Amazonas contrata empresa investigada pelo STF

O governo do Amazonas firmou contrato esta semana entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDECTI) e uma empresa chamada Bemoby Soluções em Tecnologia. A informação está publicada na edição desta quarta-feira (17/08/2022) do Diário Oficial do Amazonas (DOA).

O valor final do acordo, válido por cinco meses e consequentemente até o final da gestão de Wilson Lima (União Brasil), é de R$ 5.868.000,00. O que chama atenção é que o grupo também é alvo do inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal (STF) por disparo em massa de mensagens pelo WhatsApp nas eleições de 2018 em favor do presidente Jair Bolsonaro (PL), aliado do governador.

O inquérito na corte, presidido pelo ministro Alexandre de Moraes, investiga possível conexão entre disparo em massa e o financiamento de políticos aos ataques a ministros do Supremo. A investigação começou em 2020, após sucessivos ataques contra a instituição. A Bemoby Soluções está sendo investigada juntamente com a as empresas Yacows Desenvolvimento de Software, Kiplix Comunicação Digital, AM4 Brasil Inteligência Digital, Quick Mobile Desenvolvimento de Software e a Deep Marketing.

Procuradas pelo Vocativo, nem a SEDECTI nem a Secretaria de Estado da Comunicação (Secom-AM) explicaram qual o motivo exato da contratação ou mesmo qual serviço seria executado pela Bemoby até o fechamento desta matéria.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: