Em Destaque

TSE apresenta notícia-crime contra Bolsonaro por ataques às eleições

O Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, apresentou nesta segunda-feira (02/08/21) notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). O motivo são os constantes ataques do presidente contra as eleições. O pedido foi aprovado por unanimidade pelo plenário do tribunal.

O anúncio foi feito durante abertura do segundo semestre dos trabalhos do judiciário. O ministro pediu ainda que a live do presidente na última quinta-feira (29/07/21) seja incluída no inquérito das fake news, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e cujo relator é o Ministro Alexandre de Moraes.

O TSE também aprovou a abertura de um inquérito administrativo no âmbito do tribunal para apurar ataques à legitimidade das eleições. A proposta partiu do corregedor eleitoral, ministro Luís Felipe Salomão. Serão investigadas infrações como corrupção, fraude, condutas vedadas a agentes públicos, abuso de poder político e econômico e propaganda fora do período de eleições.

Na ocasião, o presidente mentiu diversas vezes sobre as urnas eletrônicas, afirmando que elas não são auditáveis nem confiáveis, além de reafirmar que as eleições de 2014 foram fraudadas. Apesar disso, ele admitiu que não possuía nenhuma prova as suas afirmações.

Bolsonaro tem promovidos ataques diários ao ministro Barroso, desde ofensas homofóbicas até calúnias relacionadas à pedofilia. Além disso, o presidente usa as alegações que ele mesmo admite não ter como provar para defender a adoção da impressão do voto no país, além de ameaçar a realização do pleito em 2022 caso a medida não seja aprovada no Congresso.

1 comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: