Em Destaque

Ministério da Saúde mente em nota técnica a respeito de vacinas e cloroquina

Em nota técnica publicada nesta sexta-feira (21/01/22), o Ministério da Saúde mentiu sobre a segurança das vacinas contra a Covid-19, a qual classificou como inseguras e ineficazes contra a doença. De quebra, ainda atribuiu o contrário à hidroxicloroquina, substância comprovadamente ineficaz contra a infecção. A nota pode ser conferida abaixo:

Todas as vacinas utilizadas atualmente no Brasil foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que comprova sua eficácia e segurança, além de terem o mesmo aval da Organização Mundial da Saúde (OMS). A hidroxicloroquina, por sua vez, já foi descartada desde 2020 para o tratamento da Covid-19, além de ter seu uso ligado ao aumento de mortalidade em pacientes com a doença.

Em nota, o Ministério da Saúde disse que “em nenhum momento afirmou que o referido fármaco é seguro para tratamento da Covid-19, nem questionou a segurança das vacinas, que é atestada pela agência reguladora” e que “a interpretação foi retirada erroneamente de uma manifestação de nota técnica da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos (SCTIE)”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: