Em Destaque

Homem é barbaramente assassinado por policiais rodoviários em Sergipe

Um homem de 38 anos foi brutalmente assassinado em uma "câmara de gás improvisada" por membros da Polícia Rodoviária Federal no município de Umbaúba, em Sergipe. Crime aconteceu à luz do dia e foi registrado por várias câmeras

Um homem identificado como Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, foi assassinado brutalmente por integrantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município de Umbaúba, ao Sul de Sergipe. O crime aconteceu nesta quarta-feira (25/05/2022) à luz do dia e foi registrado por câmeras de celular. As imagens não serão mostradas por serem extremamente fortes.

As imagens mostram agentes da PRF utilizando spray de pimenta para tentar conter o homem, que possuía transtornos mentais e estava acompanhado do seu sobrinho. Nervoso, o homem resistiu à prisão e foi preso na mala da viatura, onde os agentes jogaram spray de pimenta e prenderam a porta, matando a vítima por asfixia mecânica. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmou a causa da morte.

Genivaldo tratava esquizofrenia há 20 anos e deixa esposa e filho. Alisson de Jesus, sobrinho de Genivaldo, declarou que o tio foi abordado por agentes da PRF, enquanto pilotava uma motocicleta. Antes de ser colocado na viatura, Genivaldo teria sido agredido com empurrões e chutes na cabeça. A família ainda teria encontrado dificuldades em tomar conhecimento da situação clínica da vítima, inclusive sendo impedida de entrar no hospital.

Em nota, a PRF afirma que abriu procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos na abordagem. A corporação afirma que foram empregadas “técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo” para contra a vítima.

Letalidade da polícia

Mais esse crime bárbaro intensificou o debate sobre a letalidade da polícia brasileira. O crime aconteceu dias depois de uma operação policial realizada no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro, que resultou até aqui na morte de 26 pessoas.

Com informações do portal Fan F1, de Sergipe

1 comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: