Eleições 2022 Em Destaque

Bolsonarista mata eleitor de Lula no Mato Grosso

O bolsonarista Rafael Silva de Oliveira esfaqueou e tentou decapitar Benedito Cardoso dos Santos, eleitor do ex-presidente Lula após a discussão envolvendo política e as eleições deste ano

A justiça de Mato Grosso decretou a prisão preventiva de um bolsonarista acusado de homicídio motivado por discussão política. O crime ocorreu nesta quinta-feira (08/09/2022) em Confresa, interior do estado. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na delegacia do município, o bolsonarista Rafael Silva de Oliveira esfaqueou e tentou decapitar Benedito Cardoso dos Santos, eleitor do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) após a discussão. Ambos trabalhavam juntos em uma propriedade na zona rural.

Após ser preso em flagrante pela Polícia Militar, o acusado disse aos policiais responsáveis pela ocorrência que “acabou saindo de si” após ter entrado em luta corporal com o colega. “Ao indagar o suspeito sobre a motivação do crime, o mesmo confessou que iniciou uma discussão política, a qual evoluiu para via de fato, troca de socos, que a vitima dizia que era eleitor do “Lula”, o suspeito falava que era “Bolsonaro”, diz trecho do documento.

“O suspeito afirmou que desferiu uma facada na vítima que caiu ao solo, sendo golpeada mais vezes enquanto estava caído. Confidenciou que retornou para casa, pegou um machado e desferiu um golpe na altura da garganta da vitima, terminando de ceifar-lhe a vida”, diz o boletim. A prisão de Rafael Silva foi determinada pelo juiz Carlos Eduardo Pinho, da comarca de Porto Alegre do Norte (MT).

“Em um Estado Democrático de Direito, no qual o pluralismo político é um dos seus princípios fundamentais, torna-se ainda mais reprovável a conduta do custodiado. A intolerância não deve e não será admitida, sob pena de regredirmos aos tempos de barbárie. Lado outro, verifica-se que a liberdade de manifestação do pensamento, seja ela político-partidária, religiosa, ou outra, é uma garantia fundamental irrenunciável”, afirmou o juiz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: