Contexto

Bolsonaro assume não ter prova de fraudes nas eleições e divulga vídeos já desmentidos

Em transmissão nas suas redes sociais e também nas TV Brasil, o presidente Jair Bolsonaro admitiu em live nesta quinta-feira (29/07/1) não possuir provas sobre as alegadas fraudes nas eleições presidenciais que ele alegava ter. Ele divulgou ainda vídeos com teorias conspiratórias que circulam há anos na internet, mas que já foram desmentidas anteriormente por agências de checagem e o próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A apresentação ocorrida em transmissão no Palácio da Alvorada na noite desta quinta-feira (29). Durante a apresentação, que começou às 19h e continuou por volta das 20h, foram veiculados vídeos divulgados na internet que buscam transmitir a mensagem de que é possível fraudar o código fonte para computar o voto de um candidato para o outro. “Não tem como se comprovar que como retroativa não foram ou foram fraudadas. São indícios. Crime se desvenda como vários indícios”, disse.

Estavam presentes na residência oficial da Presidência dos ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência), Anderson Torres (Justiça), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). O responsável pela exibição dos indícios foi um homem identificado apenas como Eduardo, que, segundo Bolsonaro, é analista de inteligência.

2 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: