Amazonas

Amazonenses pagam mais pra abastecer, mesmo com redução

Na última sexta-feira (30/06/2023), a Refinaria da Amazônia (Ream), anunciou a redução no valor dos combustíveis para todo o Amazonas. Ainda assim, o consumidor teve de pagar mais caro na hora de abastecer. De acordo com a Ream, foram reduzidos em 4,13% no preço da gasolina, saindo de R$ 2,78 para R$ 2,66; do diesel entre 4,29%, R$ 3,14, e 4,41%, R$ 3,06. No entanto, apesar da redução, os postos de combustível aumentaram R$ 0,30 no valor da gasolina.

De acordo com o vereador Rodrigo Guedes (Podemos), essa é a terceira redução seguida da Ream no preço dos combustíveis no mês de junho que não foi repassada pelos postos de combustíveis e distribuidoras de Manaus. “Houve de fato um aumento nos impostos federais sobre os combustíveis, mas o preço na refinaria caiu três vezes somente em junho. O preço na refinaria privatizada está o mesmo da Petrobras”, denunciou.

O vereador formalizou a denúncia nos órgãos de fiscalização como Procon AM, Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) e Agência Nacional do Petróleo (ANP) para que seja realizada fiscalização nos valores dos combustíveis.

Com informações da assessoria de imprensa do vereador

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: