Amazônia Eleições 2022

Xingado por Bolsonaro, Arthur Virgílio declara apoio ao presidente

O atual presidente e candidato a releeição Jair Bolsonaro (PL) recebeu na manhã desta segunda-feira (17/10/2022) um apoio inesperado: o do ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB). A manifestação aconteceu em Brasília. Em 2020, ambos trocaram farpas publicamente em virtude da condução da pandemia.

Durante o primeiro turno das eleições, Virgílio concorreu a uma vaga no Senado, ficando em terceiro na disputa com o atual senador Omar Aziz (PSD). Agora, o ex-prefeito de Manaus confirmou apoio ao presidente. Vale lembrar que na famosa reunião ministerial de 22 de abril de 2020, Bolsonaro chamou o então prefeito de Manaus de “bosta” devido ao uso de covas coletivas para enterrar vítimas da Covid-19 durante a primeira onda da pandemia.

A resposta do então prefeito na época havia sido contundente: “Os insultos do presidente Bolsonaro, dirigidos a mim e a outros homens públicos, representam um verdadeiro “strip-tease moral” feito por quem não tem a mais mínima condição de governar o Brasil”, declarou.

Arthur afirmou ainda que presidente da República “em seu criminoso boicote ao isolamento social, em seu desprezo aos indígenas, em seu apreço a garimpeiros que poluem rios, sonegam impostos e invadem áreas indígenas, é claramente cúmplice de tantas mortes causadas pelo Covid 19. Trata-se de um ser despreparado, inculto e deseducado. Não gosta de mim? Que bom. Sinal de que estou no lado certo da vida. Também não gosto da ditadura que já nos massacrou e que ele gostaria de reviver. Daqui a pouco mais de dois anos, o país estará livre de tão diminuta e mesquinha figura”, disse na nota.

O Vocativo procurou a assessoria do ex-prefeito Arthur Virgílio para que ele comentasse os motivos da sua adesão a campanha de Bolsonaro, mas até o fechamento desta matéria, ninguém respondeu aos contatos do site.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: