Amazônia

UNIVAJA desmente FUNAI e afirma que Bruno e Dom foram autorizados a entrar

A Polícia Federal encontrou material orgânico, "aparentemente humano", próximo ao porto de Atalaia do Norte. E ainda: UNIVAJA desmente afirmação de que Dom Phillips e Bruno Pereira entraram em território indígena sem comunicar a FUNAI

A União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA) emitiu uma nota nesta quinta-feira (08/06/2022), desmentido o presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Marcelo Xavier. Em entrevista à TV Brasil, Xavier afirmou que Dom Phillips e Bruno Araújo Pereira teriam adentrado em território indígena sem comunicar a instituição.

Ao contrário do que disse o presidente da FUNAI, Bruno e Dom Phillips foram oficialmente autorizados entrar no território indígena. Segundo documentos oficiais obtidos pela UNIVAJA, eles foram até o território para participar de atividades nas aldeias Kumãya, Maronal, Matkewaya, Morada Nova e São Sebastião, localizadas na calha do Rio Curuçá, para discutir “sobre o território e estratégias indígenas para protegê-lo”.

O Jornalista e o indigenista estão desaparecidos desde domingo (05/06/2022). Bruno, que é considerado “a maior autoridade do país no trabalho de campo especializado em indígenas isolados no contexto atual”, vinha sofrendo perseguição política dentro da FUNAI e ameaças de garimpeiros.

Novidades nas buscas

A Polícia Federal (PF) no Amazonas, que coordena as forças de segurança na Operação Javari, informou nesta sexta-feira (10/06/2022) que equipes de busca encontraram material orgânico, “aparentemente humano”, em uma área próxima ao porto de Atalaia do Norte. Ainda não se sabe se a amostra recolhida tem relação com o desaparecimento.

O material foi encaminhado para análise pericial pelo Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal, que também realizará perícia em vestígios de sangue encontrados na embarcação de Amarildo da Costa de Oliveira, 41 anos, conhecido como “Pelado”, suspeito de envolvimento no caso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: