Amazonas

Prefeitura de Manaus decidirá sobre o Réveillon até o dia 12 de dezembro

O prefeito de Manaus, David Almeida, declarou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (29/11/21), no Palácio do Planalto, em Brasília, que a prefeitura analisa a liberação das festas de fim de ano com muita cautela e trabalha, junto à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com base em dados estatísticos e de contágio da nova variante Ômicron, do novo coronavírus, para autorizar o festas de réveillon deste ano na cidade.

Segundo o prefeito, a decisão sobre a realização ou cancelamento do evento será tomada e divulgada entre os próximos dias 10 e 12/12. “Nós já temos a contratação de um evento para o Réveillon, mas estamos analisando a possibilidade da liberação ou não do Réveillon e também do Carnaval na nossa cidade”, afirmou.

Sobre a realização do Réveillon “Virada da Esperança”, ele esclareceu que apesar de o evento estar contratado e parcialmente pago, não haverá problemas em adiá-lo para uma data posterior, caso seja necessário cancelar em virtude da pandemia. A prioridade é a segurança da população. “Manaus sofreu muito no início desse ano e nós não queremos que isso retorne”, observou.

Máscaras

Indagado pelos jornalistas sobre a flexibilização do uso de máscaras em locais abertos, o prefeito David Almeida reafirmou que segue as orientações do Comitê da Semsa. O prazo divulgado pela secretaria é de flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos quando Manaus atingir um percentual entre 75% e 80% da população completamente vacinada contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: