Amazonas

Prefeitura alerta sobre novos prazos para a segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer

A Prefeitura de Manaus orienta as pessoas que tenham tomado a primeira dose das vacinas contra a Covid-19, dos imunizantes AstraZeneca e Pfizer, que consultem na plataforma Imuniza Manaus as datas previstas para receberem a segunda dose. Seguindo orientação repassada pelo Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que coordena a campanha na capital, passou a seguir, a partir desta quarta-feira (27/10/21), o intervalo de 56 dias entre doses, também para a AstraZeneca. A Pfizer já vinha sendo aplicada nesse prazo e, no caso da CoronaVac, continuam mantidos os 28 dias entre a primeira e a segunda doses.

De acordo com os dados do Sistema Municipal de Vacinação (SMV), da Semsa, às 9h30 desta quarta-feira, 261.859 pessoas já haviam passado dos intervalos para a segunda dose dos três imunizantes, sendo 76.302 da CoronaVac; 86.354 da AstraZeneca; e 99.203 da Pfizer. No caso das duas últimas, para efeito de registro, o sistema considera o intervalo inicial de 84 dias.

O Vacinômetro aponta que, da população apta a ser imunizada, 199.520 ainda não foram tomar a primeira dose da vacina. A dose de reforço já foi aplicada em 47 mil pessoas dos grupos que têm essa indicação até o momento.

Documentos

A secretária da Semsa lembra que as pessoas que forem receber a primeira dose da vacina devem observar quais documentos deverão apresentar. Caso sejam do grupo de adolescentes, de 12 a 17 anos, precisarão estar acompanhados de um responsável, que pode ser pai, mãe ou pessoa maior de 18 anos (nesse caso deverá assinar uma declaração, que poderá ser escrita no verso do comprovante de residência). Além disso, terão que apresentar um documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS (CNS). Para quem tem 18 anos ou mais, é exigido o documento de identidade original, com foto, CPF e o comprovante de residência, com cópia.

Para tomar a segunda dose, além dos documentos, deve ser apresentado o cartão de vacinação com o registro da primeira dose ou a comprovação pelo aplicativo ConecteSus, que pode ser instalado no celular. Os adolescentes deverão estar acompanhados dos pais ou um responsável maior de 18 anos.

Terceira dose

Os imunossuprimidos, que podem receber a dose adicional, deverão apresentar no ponto de vacinação uma identificação com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e laudo, exame ou receita – original e cópia (que ficará retida para controle). A relação dos documentos específicos está disponível nos perfis oficiais da secretaria nas redes sociais: @semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook.

Para as pessoas de 60 anos e mais tomarem a dose de reforço, são solicitados o documento de identificação original, com foto, o CPF e a comprovação das duas doses, que pode ser feita com a carteira de vacinação ou com o ConecteSus. Os trabalhadores da Saúde precisam apresentar apenas o documento de identidade, CPF e carteira de vacinação com o registro das duas doses. A lista com os endereços dos pontos de vacinação está disponível para consulta no site da Semsa, no link http://bit.ly/localvacinacovid19.

Com informações da Semcom

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: