Amazônia

PF/AM nega que corpos de Bruno Pereira e Dom Phillips tenham sido encontrados

A Polícia Federal enviou nota à imprensa nesta segunda-feira (13/06/2022) negando a informação se que teriam sido encontrados os corpos do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, desaparecidos há mais de uma semana em Atalaia do Norte, no interior do Amazonas.

A informação havia sido divulgada pelo jornalista André Trigueiro, da GloboNews e pelo site G1. Segundo eles, dois corpos foram encontrados na região das buscas, mas ainda precisariam ser periciados. A Polícia Federal, que está coordenando as buscas, no entanto, negou a informação, afirmando ser apenas “material biológico”.

Dom Phillips, colaborador do jornal britânico The Guardian, e Bruno Pereira, servidor licenciado da Fundação Nacional do Índio (Funai), foram vistos, pela última vez, na manhã do dia 05 de junho deste ano. Os dois saíram da comunidade ribeirinha de São Rafael em direção à cidade de Atalaia do Norte, região oeste do Amazonas, quando sumiram sem deixar vestígios.

Bruno Pereira, que é atualmente colaborador da União das Organizações Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA), já havia denunciado ameaças que vinha sofrendo. Ele veio ao Amazonas para auxiliar o jornalista britânico em uma série de entrevistas com as comunidades da região.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: