Amazonas

Número de endividados em Manaus ultrapassa 430 mil

Cerca de 29,7% das famílias manauaras possuíam contas em atraso em fevereiro de 2022 e desse total, 16,2% não terão condições de pagá-las. A informação consta na Pesquisa de Endividamento e Inadimplência (Peic) produzida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgada nesta segunda-feira (07/03/2022).

Atualmente, o número total de endividados corresponde a 430.989 pessoas e chegou ao seu maior patamar em outubro de 2021, com 461.108. O vice-presidente da Federação do Comércio do Amazonas (Fecomércio-AM), Paulo Tadros, explica que o indicador reflete a corrosão do poder de compra do consumidor pela inflação e pela alta das taxas de juros médias, que passaram de 39,4% em janeiro de 2021 para 46,3% em janeiro de 2022.

Segundo Tadros, essa perda do poder aquisitivo, em decorrência do aumento generalizado dos preços e das altas taxas de juros, dificulta a quitação das dívidas e tende a agravar ainda mais o cenário de endividamento e inadimplência das famílias. O número é maior do que a média nacional, que é de 27%.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: