Amazonas

MAP suspende operações em virtude da pandemia de Covid-19

A MAP Linhas Aéreas decidiu suspender temporariamente todas as operações regulares da companhia, envolvendo não apenas as rotas na Região Norte como também aquelas cidades operadas no Sudeste – Aeroporto de Congonhas. A suspensão acontece, segundo a companhia, para auxiliar no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19)

A suspensão das atividades é temporária, até o dia 22 de março e estimamos que dentro dos próximos meses podemos ter um cenário de retorno das atividades regulares da empresa. A MAP realizará uma nova atualização de malha na próxima sexta-feira, dia 20.

“Estamos negociando com os sindicatos a respeito da forma como iremos reduzir a nossa força de trabalho, a fim de evitar qualquer processo de demissão de colaboradores nesse momento difícil que passa nosso país. A partir de hoje, também iniciaremos um programa de trabalho home-office para todos os colaboradores que possam manter seu posto de trabalho nessa condição”, afirmou a companhia em comunicado à imprensa.

As atividades da empresa serão mantidas em seu mínimo durante o período de suspensão das operações e estarão mantidas apenas as operações de um contrato de fretamento operado no Norte do Brasil.

Para todos os passageiros que tiveram seus voos cancelados, informamos que estamos flexibilizando ao máximo todas as regras tarifárias, facultado a remarcação para qualquer data futura ou mesmo postergando o crédito para uso em viagens futuras. Esses passageiros serão contatados pela empresa, não sendo necessário nesse momento qualquer iniciativa de contato com a companhia.

As operações suspensas em 17 destinos no Brasil são nas cidades de Ponta Grossa-PR, São Paulo-SP, Ribeirão Preto-SP, Bauru-SP, Uberaba-MG, Belém-PA, Altamira-PA, Santarém-PA, Itaituba-PA, Manaus-AM, Eirunepé-AM, Parintins-AM, São Gabriel da Cachoeira-AM, Coari-AM, Carauari-AM, Lábrea-AM, Tefé-AM.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: