Amazônia

Governo do Amazonas pagou cota de quase R$ 1 milhão para o Jungle Fight

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), pagou cota de patrocínio de R$ 953 mil para a 105ª edição do Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina. A informação consta no Diário Oficial do Estado da última segunda-feira (18/02/2022).

Uma das justificativas usadas para a aquisição da cota de patrocínio foi no mínimo estranha, por afirma “a necessidade de fortalecer as políticas públicas destinadas ao desenvolvimento do esporte e lazer, especialmente, no período de pandemia, onde restou evidenciada que a atividade física é instrumento eficaz na prevenção e recuperação de doentes acometidos pela Covid-19”.

Vale lembrar que arrecadação de patrocínio não deve ter sido problema para o evento que aconteceu no Centro de Convenções Vasco Vasques no último domingo (13/02/2022). Embora não tenha contado com a presença de público em virtude do último decreto governamental sobre a pandemia, as lutas tiveram transmissão pela TV Acrítica, Band Sport, Panflix, Canal Combate.

A TV A Crítica foi o canal de comunicação que lançou o então apresentador do programa Alô Amazonas, Wilson Lima, para a política, até ser eleito governador do Estado nas eleições de 2018.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: