Amazonas

Em situação crítica, prefeitura de Presidente Figueiredo pede oxigênio ao governo

A prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes (MDB), encaminhou nesta segunda-feira (18/01) ofício ao secretário estadual de Saúde, Marcellus Campêlo, comunicando situação de urgência no Hospital Geral da cidade, o Eraldo Neves Falcão que está com os estoques de oxigênio no limite. Segundo a assessoria da prefeitura, os cilindros que chegaram são suficientes para o consumo de um dia apenas.

No ofício, Patrícia Lopes solicita que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) envie imediatamente 40 cilindros de oxigênio ao município, já que a demanda diária do hospital é de 20 cilindros para atendimento aos pacientes de Covid-19.

A gestora sugere também que, diante da vinda de um carregamento de oxigênio da Venezuela, por modal rodoviário, o veículo de carga possa descarregar oxigênio suficiente para atender a demanda do município, uma vez que Presidente Figueiredo localiza-se na BR-174, estrada que liga o Brasil à Venezuela e por onde, obrigatoriamente, a doação terá que passar. Esse pedido ainda precisa de análise de viabilidade técnica, uma vez que oxigênio está vindo no balão principal do caminhão e seria então necessário encher os cilindros do hospital.

1 comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: