Amazonas

Eleições 2022: Lula e Amazonino lideram pesquisa no Amazonas

A Perspectiva Mercado e Opinião divulgou nesta terça-feira (08/03/2022) o primeiro levantamento sobre intenções de voto para presidente e governador no Amazonas nas Eleições Gerais que acontecem em outubro. O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Amazonino Mendes (Sem Partido) aparecem na liderança dos cenários.

Com 37,5% das intenções de voto, a pesquisa mostra que Lula ultrapassou Jair Bolsonaro (que está com 36,8%) nas intenções de voto no primeiro turno em relação ao último levantamento feito pela empresa, em dezembro de 2021. Na ocasião, Bolsonaro liderava com 36% e Lula tinha 33%. O ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) aparece em terceiro com 4,4%, seguido dos candidatos Ciro Gomes (PDT), João Dória (PSDB) e Simone Tebet (MDB).

No segundo turno, no entando, Lula amplia a vantagem contra Bolsonaro. O petista aparece com 44,2% das intenções de voto contra 41,5% do atual presidente. A quantidade de votos brancos e nulos caiu em relação a dezembro, passando de 16% para 13%.

Amazonas

Na disputa para o governo do Amazonas, o ex-governador e prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (Sem Partido) ampliou a vantagem de dezembro, quando tinha 28% e aparece com 33% das intenções de voto, 11 à frente do atual governador Wilson Lima (Sem Partido) que tem 22%. Lima, que em dezembro tinha 17%, ultrapassou o senador Eduardo Braga (MDB) que caiu de 20% para 18%.

No segundo turno, Amazonino aparece em vantagem vencendo tanto Braga Wilson Lima. Os outros candidatos que aparecem na pesquisa são Ricardo Nicolau (Solidariedade) com 6,3%, Carol Braz (PDT) com 2,2%, João Pedro (PT) com 1,2% e Marcelo Amil (PSOL) com 0,7%. Brancos e nulos somam 10%.

Senador

Para o senado, dois candidatos aparecem à frente das pesquisas. O atual senador do estado, Omar Aziz (PSD) aparece com 24,7% das intenções de voto, seguido do ex-prefeito e senador Arthur Virgílio Neto (PSDB), com 23,9%. O bolsonarista Coronel Menezes (Patriota) aparece com 14%. Os outros candidatos que figuram na pesquisa são, pela ordem: Chico Preto (Avante), com 10% e Luiz Castro (PDT), com 5,7%.

Metodologia da pesquisa

A pesquisa ouviu 3.600 pessoas entre 23 de fevereiro e 04 de março, sendo 1990 em Manaus e 1610 no interior. A margem de erro máxima para o total da amostra é de 2,0%, para mais ou para menos, com um grau de confiabilidade de 98,4%. Isso significa que se fossem feitas 1000 (mil) pesquisas com
a mesma metodologia, 984 (novecentas e oitenta e quatro) estariam dentro da margem de erro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: